"Os shows mais marcantes foram no Planeta Atlântida, mas o melhor será o próximo", diz Bruno Gouveia - Hora

Versão mobile

Clube do Assinante20/08/2016 | 07h00Atualizada em 20/08/2016 | 07h00

"Os shows mais marcantes foram no Planeta Atlântida, mas o melhor será o próximo", diz Bruno Gouveia

Vocalista do grupo Biquini Cavadão, que se apresenta em Florianópolis neste domingo (21), bateu um papo com o DC

"Os shows mais marcantes foram no Planeta Atlântida, mas o melhor será o próximo", diz Bruno Gouveia Ponto Uno Produções/Divulgação
Foto: Ponto Uno Produções / Divulgação

O grupo Biquini Cavadão comemora 30 anos de carreira neste domingo (21), em Florianópolis. Bruno Gouveia, Carlos Coelho, Miguel Flores da Cunha e Álvaro Birita mostram no palco do P12, em Jurerê Internacional, a essência de uma banda que surgiu na década de 1980 e vem se reinventando desde então. No repertório, não vão faltar clássicos das últimas três décadas, com as composições atemporais das baladas e críticas sociais que fizeram a fama do quarteto. Há espaço também para músicas mais recentes, como Roda-Gigante, indicada ao Grammy Latino 2013 na categoria Melhor Canção Brasileira, e Livre, composta durante as manifestações de julho daquele mesmo ano.

Scorpion Child: vasculhando o blues incendiário dos anos 1970
Oasis libera nova versão do clipe de "D'you know what I mean?"
Leia as últimas notícias de música

Por e-mail, o vocalista Bruno Gouveia respondeu algumas perguntas do DC. Confira a entrevista: 

Como foi a composição de Livre? E o quão pertinente ela continua hoje, com tantas reviravoltas que tivemos na política?
A letra surgiu enquanto víamos pela TV as primeiras manifestações acontecendo em São Paulo. A liberdade de expressão deve ser um direito nosso e um dever de todos lutar por ela. Continua sendo muito pertinente, ainda mais agora, em que esta polarização maniqueísta cria uma luta em que ambos os lados tem acertos e erros. Livre não é uma música política. É uma canção que fala sobre nosso comportamento perante tudo que está acontecendo. 

As performances da banda no palco, principalmente as tuas, já são aguardadas pelos fãs. De onde vem tanta empolgação e como se manter animado depois de tantas décadas?
O combustível vem do próprio público, pode ter certeza. Cada show nos enche de energia. Na hora, o Biquini Cavadão vira uma banda com milhares de integrantes.     

Nas redes sociais, a interação com o público também é forte. Vocês apelam para a memória afetiva. Isso faz parte do segredo da banda? Quão importante é estimular essa relação legal com os fãs?
Fomos a primeira banda ativa na internet, já em 1995. Criamos sempre um canal de comunicação. Nosso objetivo não é somente informar os fãs mas também se nutrir das informações que eles nos passam. Aprendemos muito com eles.

Que momentos do show são os mais aguardados pelo público? Que músicas os fãs mais curtem?
Graças a Deus, pedem muitas! Vento Ventania, Zé Ninguém e Janaína (da década de 1990), Quando eu te Encontrar, Dani e Quanto Tempo Demora Um Mês (do ano 2000), Tédio e Timidez (dos anos 1980) e mais recentemente, Roda-Gigante (que foi indicada ao Grammy). 

O que vem à cabeça quando a banda pensa em Santa Catarina e Florianópolis?
É um Estado muito generoso conosco. Já fizemos diversos shows em várias cidades, mas em Floripa muito menos do que gostaríamos. Os shows mais marcantes na Capital foram no Planeta Atlântida. Mas o melhor será o próximo.

Agende-se
O quê: Biquini Cavadão
Onde: P12 (Servidão José Cardoso de Oliveira, s/n, Jurerê Internacional, Florianópolis)
Quando: domingo (21), com abertura da casa das 14h às 22h e show previsto para às 19h
Quanto: R$ 80 e R$ 40 (meia) 5º lote, à venda via Ingresso Rápido e no local. Desconto de 20% para sócio do Clube do Assinante e acompanhante na compra do ingresso antecipado na loja Ingresso Rápido do Beiramar Shopping
Informações e reservas: (48) 3284-8156 e camarotesp12@parador12.com.br

 

Siga npdalingua no Twitter

  • npdalingua

    npdalingua

    Na Ponta da LínguaMal a gente até entende... Agora, não vejo necessidade pra ficar com vergonha, côsalinda! O nude tava um arrazooooo… https://t.co/xvG7cxGdSFhá 1 diaRetweet
  • npdalingua

    npdalingua

    Na Ponta da LínguaAinda me esvaindo em lágrimas pela cena de #VelhoChico de ontem e me deparo com essa foto 😢😭 Assim não dá, Braseee… https://t.co/AJtCbmBLcIhá 1 diaRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros