Nobel de Literatura será anunciado no dia 13 de outubro - Hora

Versão mobile

Reconhecimento30/09/2016 | 11h53Atualizada em 30/09/2016 | 11h56

Nobel de Literatura será anunciado no dia 13 de outubro

Resultado sairá uma semana depois do calendário habitual

AFP
AFP

A Academia Sueca informou nesta sexta-feira que o anúncio do próximo vencedor do Nobel de Literatura acontecerá em 13 de outubro, uma semana depois do calendário habitual. Em geral, o prêmio é anunciado na primeira quinta-feira de outubro, na mesma semana que as outras categorias da premiação criada pelo filantropo sueco Alfred Nobel. Mas, por razões de calendário, em 2016, o prêmio de Literatura será o último a ser concedido.

Leia mais
Conheça os vencedores do Nobel de Literatura dos últimos 15 anos 
Nobel de Literatura vai para a jornalista bielorrussa Svetlana Alexievich
Vencedora do Nobel de Literatura em 2015 visitará o Brasil 

A lista começa com Medicina nesta segunda-feira, seguido por Química na terça, Física na quarta, o Nobel da Paz na sexta e Economia no dia 10.

– Não há sinal de divergência entre os acadêmicos. A razão é simples: nossos estatutos preveem quatro reuniões em quintas-feiras consecutivas a partir da penúltima quinta-feira de setembro antes de anunciar o premiado – disse à AFP o acadêmico Par Wastberg – É aritmético – completou, antes de concordar que isto "dá mais tempo para especular" sobre o vencedor.

A votação final para escolher entre os cinco últimos autores da lista de possíveis premiados acontece apenas na última reunião, poucas horas antes do anúncio oficial. Neste ano, mais uma vez, qualquer prognóstico é arriscado.

O japonês Haruki Murakami é o favorito dos leitores, mas outros nomes muito citados são os do poeta sírio Adonis e do romancista queniano Ngugi wa Thiong'o, assim como os americanos Don DeLillo, Philip Roth e Joyce Carol Oates. Outros nomes recordados incluem o britânico Salman Rushdie, o albanês Ismail Kadaré e o israelense David Grossman, assim como o tcheco naturalizado francês Milan Kundera e o dramaturgo norueguês Jon Fosse.

Em 2015, a bielorrussa Svetlana Alexievitch foi a premiada. No ano anterior o vencedor foi o francês Patrick Modiano.

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros