Spring Break em Floripa terá 10 mil estudantes do Ensino Médio, festas exclusivas e pulinho na Oktoberfest - Hora

Versão mobile

Só balada03/10/2016 | 11h17Atualizada em 03/10/2016 | 13h14

Spring Break em Floripa terá 10 mil estudantes do Ensino Médio, festas exclusivas e pulinho na Oktoberfest

Capital deve receber até 10 mil jovens na tradicional "semana do saco cheio", que vai até o dia 15 de outubro

Spring Break em Floripa terá 10 mil estudantes do Ensino Médio, festas exclusivas e pulinho na Oktoberfest Gustavo H/Divulgação
Capital deve receber até 10 mil jovens na tradicional "semana do saco cheio", que vai até o dia 15 de outubro Foto: Gustavo H / Divulgação

Se você encontrar jovens estudantes curtindo festas pela Ilha em dias nada convencionais, não estranhe: milhares de adolescentes desembarcaram na Capital catarinense para mais um Spring Break, ou "semana do saco cheio", como é chamada a tradicional folga dada aos alunos do terceiro ano do Ensino Médio na primavera. Por aqui, a curtição começou oficialmente no domingo (2), com show do Capital Inicial no P12 e uma festa fechada para estudantes trazidos pela Forma Turismo - a prática de promover baladas exclusivas para este público, principalmente em dias úteis, é comum.

Com a turnê "VamoQVamo", Thiaguinho retorna a Santa Catarina
De Marisa Monte ao projeto Playing For Change, confira os principais shows que rolam em outubro em SC
Mais de 22 mil pessoas visitam exposição de Gaudí em Florianópolis

Só a Forma, empresa especializada em viagens estudantis que incluiu Florianópolis no roteiro em 2004, está trazendo 2500 jovens.

— Florianópolis se diferencia muito por unir boas estruturas de casas de shows e baladas e praias belíssimas, dois fatores que colaboram muito para que o programa continue sendo sucesso entre os formandos — explica o diretor Mauricio Calasans.

O Grupo All, dono do complexo Music Park, em Jurerê, tem parceria com as agências Forma, Ouro Brasil e Aloha e até o dia 14 vai promover oito festas fechadas para grupos trazidos pelas operadoras, além de ter uma programação aberta ao público.

— O volume de eventos é super interessante pois é um momento em que Florianópolis está em baixa, então dá uma movimentada. É uma oportunidade de quebra de sazonalidade. São duas semanas com boa movimentação hoteleira, movimento em restaurantes e em casas de outros grupos também — diz o gestor de eventos corporativos Marcelo Bohrer.

Confira a agenda de eventos do Spring Break em Florianópolis

Festas de música eletrônica e shows com artistas nacionais estão na programação. Apesar da Capital ser o destino oficial, Santa Catarina é ainda mais atraente por causa da Oktoberfest, que começa nesta quarta-feira (5).

— Estamos esperando 10 mil pessoas, número superior ao ano passado, quando tivemos cerca de 6 mil. As operadoras focaram muito em Florianópolis e a gente vem trabalhando esse turismo junto com elas. Isso vem alavancado pela Oktoberfest, pois os estudantes aproveitam para ir na festa — acredita Ely Hiroshi Yabu, gestor de eventos do Grupo Novo Brasil, que concentra a maioria das baladas no parador P12. 

A história do Spring Break

O Spring Break é um recesso de uma semana nas universidades americanas durante a primavera do Hemisfério Norte, normalmente na época da Páscoa, em abril. A tradição entre os jovens é viajar para cidades de praia, a maioria na Flórida ou no Caribe, e passar a semana em festas ao ar livre. Por aqui, a folga é conhecida como "semana do saco cheio" e geralmente ocorre nas primeiras semanas de outubro para estudantes do terceiro ano do Ensino Médio. Um dos destinos mais populares é Porto Seguro, na Bahia

A popularização do Spring Break, nos Estados Unidos e no mundo, confunde-se com a ficção. Segundo o New York Times, o feriado nasceu nos anos 1960, quando Glendon Swarthout, um professor da Universidade de Michigan resolveu acompanhar seus alunos em uma viagem no feriado de Páscoa, assim ele poderia conhecer melhor seus costumes e gírias.

Na volta, ele escreveu um livro, que deveria se chamar Unholy Spring, algo como Primavera Profana, depois intitulado Where the Boys Are. O livro foi um sucesso de vendas, inspirando um filme e uma música. Depois do lançamento do filme, os então 20 mil estudantes que iam à Flórida no recesso se tornaram 50 mil. Nos anos 1980, já eram centenas de milhares, com transmissão das festas pela MTV.

Em 2013, as estrelas teen Selena Gomez e Vanessa Hudgens protagonizaram o filme Spring Breakers - garotas perigosas, ajudando a tornar a tradição conhecida no mundo todo, como também os seus excessos.

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros