"Desventuras em série": Neil Patrick Harris define vilão de seriado da Netflix como representação do mal - Hora

Versão mobile

Conde Olaf05/12/2016 | 10h29Atualizada em 05/12/2016 | 11h15

"Desventuras em série": Neil Patrick Harris define vilão de seriado da Netflix como representação do mal

Ator participou do último dia da Comic Con Experience, em São Paulo

"Desventuras em série": Neil Patrick Harris define vilão de seriado da Netflix como representação do mal Daniel Deak Photography/Divulgação
 Neil Patrick Harris interpreta  Conde Olaf em "Desventuras em série" Foto: Daniel Deak Photography / Divulgação
William Mansque *de São Paulo

william.mansque@zerohora.com.br

Com muito carisma e bom humor, o ator Neil Patrick Harris participou do último dia da Comic Con Experience neste domingo, em São Paulo. Cultuado por ter interpretado o "lendário" Barney em How i met your mother, ele foi ao evento divulgar a nova versão de Desventuras em série, tanto em painel para milhares de fãs quanto em coletiva de imprensa.

Adaptação da série de livros escrita por Lemony Snicket (pseudônimo de Daniel Handler), a atração estreia na Netflix no dia 13 de janeiro. Na série, Harris vive Conde Olaf — um cruel ator de teatro que ganha a tutela dos órfãos Baudelaire, porém, sua intenção é por a mão na herança dos irmãos. Na CCXP, o ator comentou o vilania de Olaf.

— Uma das razões para querer fazer esse papel é que ele não tem nada a ver comigo. Foi uma transformação total. Acham que é talentoso e legal, mas não é. É representação do mal, mas também muito divertido ao mesmo tempo. Olaf não tem nenhum senso, nenhum filtro — definiu Harris.

Leia mais:
Comic Con Experience, a grande festa da cultura pop 
Morre, aos 86 anos, o poeta Ferreira Gullar

Em 2004, Desventuras em série ganhou uma adaptação cinematográfica estrelada por Jim Carrey. Na Netflix, cada livro será adaptado em dois episódios. Por isso, segundo o ator, a versão cinematográfica é um pouco injusta com Carrey.

— Eles tiveram que condensar todos os livros em um só. Os produtores me disseram para não assistir ao filme, mas assisti mesmo assim. Não queria fazer algo visualmente muito similar ao que Jim Carrey fez. Por isso, tentamos coisas diferentes — assegurou.

Harris revelou que Alan Rickman, que interpretou Snape na saga Harry Potter, serviu de inspiração para compor Olaf.

— Ele tinha a habilidade de ser assustador — sublinhou.

Para viver Olaf, Harris se submeteu a muita maquiagem, cujo procedimento levava umas três horas.

— Nunca tinha feito nada que exigisse tanta maquiagem na minha vida — divertiu-se.

Casado com David Burtka, Harris é pai de dois filhos gêmeos de seis anos. Ele contou que as crianças não só o viram caracterizado como também já conferiram um episódio da nova série.

— Durante as filmagens, eu ligava caracterizado como Olaf para eles por FaceTime. Vai dar muito material para terapia (risos) — brincou.

Harris define Desventuras em série como uma comédia de humor negro. Porém, ele assegura que a atração pode ser assistida por todas as idades.

— Pode agradar de crianças a vovôs — assegurou.

Lendário Barney

No painel com os fãs, Harris comentou que gostou como How I met your mother terminou:

— A verdade é que Barney sempre seria esse cara. Apesar de ter formado um bom casal com a Robin, ele não foi configurado para ficar com a mesma mulher pro resto da vida. Gostei do final da série, não foi um "felizes para sempre".

O ator também apontou que aprendeu bastante com Barney:

— Ele não se preocupa com o que os outros pensam dele. E se os outros não entram na dele, dane-se. Barney me ensinou a ser menos medroso. Ele tem esse pensamento de que se você tenta e não consegue, há uma outra história melhor lhe aguardando.

Leia outras notícias de cultura e entretenimento em ZH

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros