Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura será lançado só em 2017 - Hora

Versão mobile

Atrasado02/12/2016 | 16h57Atualizada em 02/12/2016 | 17h44

Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura será lançado só em 2017

Nelson Serpa, atual Secretário da Casa Civil, assumiu a interinidade da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte e irá acumular as duas pastas até o novo nome ser confirmado para a pasta

Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura será lançado só em 2017 Alan Pedro/Agencia RBS
Nelson Serpa acumula as funções de secretário da Casa Civil e de Turismo, Cultura e Esporte Foto: Alan Pedro / Agencia RBS

A quarta edição do Edital Elisabete Anderle, principal ferramenta de estímulo e fomento à cultura de Santa Catarina, será lançado apenas em 2017. Criado em 2009 e previsto em lei para ser realizado anualmente, o prêmio terá mais um ano de atraso devido à falta de recursos.

Nelson Serpa, Secretário de Estado da Casa Civil e que assumiu no dia 1ª de dezembro a interinidade da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) com a saída do secretário Filipe Mello, pediu na última quarta-feira uma emenda à Assembleia Legislativa de Santa Catarina pedindo a inclusão de recursos no orçamento do Estado em 2017 para o edital. O valor do edital é de R$ 6 milhões.

— Não há tempo de fazer isso esse ano —  afirmou, por telefone.

Serpa acumulará provisoriamente os dois cargos até que um novo nome seja indicado para a SOL. Em cinco anos da atual gestão estadual, ele é o oitavo secretário a responder pela pasta e substituirá Mello, que estava no cargo desde abril de 2014.

Novo secretário até 15 de dezembro

O prazo inicial para indicação de um novo nome para comandar a pasta é até 15 de dezembro.

— É tempo suficiente para que o governador Raimundo Colombo planeje a mudança. Pretendo que seja rápido porque tenho muitas atribuições — afirmou Nelson Serpa.

Segundo ele, a indicação está sendo conduzida pelo governador. Cargos como o de presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) serão definidos pelo novo secretário.

— Procurei não mexer com nenhuma pessoa. Não ficaria bem, por isso vou deixar que o novo secretário organize sua equipe. O que precisa ver agora é como afinar a relação da SOL com as fundações, para que atuem de forma complementar e que possam  dar relevância e potência para cada área.

Leia também
As principais notícias sobre Cultura e Entretenimento em Santa Catarina
Conheça os artistas catarinenses da Comic Con Experience 2016


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros