"Aquarius" e "Elle" são eleitos os melhores filmes de 2016 pela Abraccine - Hora

Reconhecimento16/01/2017 | 11h23Atualizada em 16/01/2017 | 17h21

"Aquarius" e "Elle" são eleitos os melhores filmes de 2016 pela Abraccine

Vencedores do sexto prêmio da Associação Brasileira dos Críticos de Cinema foram anunciados nesta segunda-feira

"Aquarius" e "Elle" são eleitos os melhores filmes de 2016 pela Abraccine vitrine filmes/Divulgação
Sonia Braga em "Aquarius" Foto: vitrine filmes / Divulgação

O brasileiro Aquarius, de Kleber Mendonça Filho, e o francês Elle, de Paul Verhoeven, foram os dois filmes escolhidos pela Associação Brasileira dos Críticos de Cinema (Abraccine) como os melhores de 2016. Na categoria curta-metragem, o vencedor foi Estado Itinerante, de Ana Carolina Soares. Os ganhadores do 6º Prêmio Abraccine foram divulgados nesta segunda-feira.

Na categoria longa-metragem, concorreram todos os filmes lançados em circuito comercial no Brasil, tanto brasileiros como estrangeiros, entre 17 de dezembro de 2015 e 29 de dezembro de 2016, totalizando mais de 400 produções. Já entre os curtas-metragens, participaram da seleção somente filmes brasileiros exibidos durante o ano de 2016 em mostras, festivais e eventos cinematográficos.

Leia mais:
Circo Ringling Bros. fecha as portas após 146 anos de trajetória
Festival leva música erudita a diversos palcos de Pelotas

Isabelle Huppert em "Elle" Foto: Sony Pictures / Divulgação

Estrelado por Sonia Braga, Aquarius foi um dos filmes mais comentados no país nos últimos anos — o longa extrapolou o campo cinematográfico para se tornar um fato político desde o Festival de Cannes. A produção também esteve no centro de nova polêmica quando não foi escolhida para representar o Brasil na disputa por uma indicação ao Oscar. Na história, Sonia interpreta Clara, uma mulher viúva que não quer vender seu apartamento de jeito algum, mesmo quando os donos de uma construtora já compraram todos os demais imóveis do edifício. Já em Elle, o grande destaque foi Isabelle Huppert, que viveu uma empresária determinada que mantém o sangue frio depois de ser violentada.

VENCEDORES DO 6º PRÊMIO ABRACCINE

MELHOR LONGA-METRAGEM BRASILEIRO

Aquarius, de Kleber Mendonça Filho

MELHOR LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO

Elle, de Paul Verhoeven

MELHOR CURTA-METRAGEM

Estado Itinerante, de Ana Carolina Soares

Leia todas as notícias de entretenimento e cultura em ZH

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros