Festival de Música de Santa Catarina começa nesta quinta-feira em Jaraguá do Sul - Hora

Femusc26/01/2017 | 08h11

Festival de Música de Santa Catarina começa nesta quinta-feira em Jaraguá do Sul

Evento promove a formação para crianças, jovens e adultos

Festival de Música de Santa Catarina começa nesta quinta-feira em Jaraguá do Sul Salmo Duarte/Agencia RBS
Femusc contrubui na formação de jovens como Kamila, Gabriel, Nathalia e Nicolle Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS
Cláudia Morriesen

claudia.morriesen@an.com.br

Na casa da família Cobalchini, em Jaraguá do Sul, há três anos os últimos dias das férias são para acordar cedo e passar o dia cheio de compromissos. Desde que as irmãs Nathalia e Nicolle, de 11 anos, decidiram aprender a tocar violino, elas passam sete dias envolvidas em música, enquanto participam de uma espécie de colônia de férias no Festival de Música de Santa Catarina (Femusc), o Femusckinho. Esta era também a rotina da estudante de violino Kamila Karsten, 15 anos, que agora é aluna do Femusc Jovem, programa voltado aos adolescentes de até 17 anos. E, ao mesmo tempo, o harpista Gabriel Vieira, 18 anos, encara uma imersão em aulas, ensaios e apresentações ao participar do programa de estudos intermediário do Femusc.

Leia as últimas notícias de Jaraguá do Sul e região.

A sequência de programas para todas as faixas etárias e níveis de conhecimento é uma das características mais fortes do festival-escola que começa hoje e vai até 4 de fevereiro em Jaraguá do Sul. Este é o quinto ano em que o Femusc Jovem ocorre como uma ponte entre o Femusckinho e os programas originais do evento, criado há 12 anos. Dessa forma, é possível que crianças como Nathalia e Nicolle possam seguir por todos os movimentos do festival enquanto crescem e se aperfeiçoam nas artes.

– Você tem todas as etapas da formação e tem interação entre eles. Assim, a criança tem a oportunidade de ver como é a formação da música profissional, conhecer um maestro e ver o panorama completo da carreira na música – diz a coordenadora, Thalita.

Quando souberam que participariam pela primeira vez do Femusckinho, Nathalia e Nicolle pensaram que seria apenas mais uma série de aulas tradicionais de música. Ao iniciarem a colônia de férias, descobriram que teriam aulas de musicalização, coral, flauta doce e instrumentos de cordas – e, nos intervalos, entrarem em brincadeiras e gincanas, porque criança nenhuma é de ferro. Quando o festival chega ao fim, elas não só têm a oportunidade de apresentarem um espetáculo no mesmo palco que os adultos, no Grande Teatro da Sociedade Cultura Artística (Scar), como também de terem sido escolhidas para integrar o elenco da ópera apresentada todos os anos, na formação do coral: neste ano, poderão estar no palco para A Flauta Mágica, de Mozart, no penúltimo dia de Femusc.

Esta já é uma certeza para Kamila, que foi confirmada para o espetáculo. A estudante, que começou a fazer aulas de violino ao ser obrigada pela mãe, agora se empolga com a perspectiva de chegada do Femusc: ele faz parte do verão de Kamila desde 2012, quando ainda ia à colônia de férias, e ela participa do Femusc Jovem desde o início. Lá, tem aulas de teoria musical de manhã e classes específicas à tarde, culminando no espetáculo de conclusão na última noite. Além disso, tem a oportunidade de conhecer outros adolescentes instrumentistas, já que estudantes de todo o Estado podem participar da seleção em busca de uma das 50 vagas para o programa, e já se integra aos participantes mais velhos do evento.

– É muito legal porque você conhece pessoas novas, mistura idiomas para conversar e depois mantém os laços com eles – conta a adolescente.

O caráter de intercâmbio cultural também incentiva Gabriel, que participa do Femusc desde os 13 anos. O jovem já hospedou colegas americanos no período do festival e, além de fazer um “intensivo” em inglês, pôde decidir com mais convicção a carreira que desejava.

– Eu conheci muitos harpistas e a professora de harpa que vem dos Estados Unidos, e isso influenciou muito na escolha – comenta ele que, agora, vai para o terceiro semestre da faculdade de música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Ao público, o Femusc oferece programação gratuita todos os dias, com concertos nos teatros e salas multiúso da Scar e apresentações em locais públicos.

Agende-se

O QUÊ: Festival da Música de Santa Catarina (Femusc).
QUANDO: 26 de janeiro a 4 de fevereiro.
ONDE: Sociedade Cultural Artística, em Jaraguá do Sul.
QUANTO: entradas gratuitas. Seguindo o ritual dos anos anteriores, os ingressos começam a ser distribuídos dois dias antes da apresentação na  secretaria da Scar, até as entradas se esgotarem. Cada pessoa pode retirar até dois ingressos.

O QUÊ: abertura com Grandes Concertos.
QUANDO: hoje, às 20h30.
ONDE: Grande Teatro.
REPERTÓRIO: Preludio e Presto, Johann Sebastian Bach; Scherzo Tarantelle, Henryk Wieniawski; Ária da Bachiana Brasileira n.5, Heitor Villa-Lobos; “Je dis que rien” da ópera Carmen, Georges Bizet; Quarteto de Cordas n. 3, Dmitri Shostakovich; Libertango, Astor Piazzolla; Estudo opus 10 n. 1, Frederic Chopin.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Femusc 10/08/2015 | 15h25

11º Festival de Música de Santa Catarina abre inscrições nesta segunda-feira

O idealizador e diretor artístico Alex Klein avisa que, em 2016, o Femusc oferecerá menos vagas

10º Femusc 30/01/2015 | 15h55

Femusc encerra neste sábado comemorando sucessos

Edição de 2016 promete uma ópera completa e possíveis mudanças na organização de horários

10º Femusc 29/01/2015 | 14h31

Professores completam, junto ao festival, 10 anos de Femusc

Importantes intérpretes da música clássica mundial são cativados pelo evento e acompanham anualmente programação

10º Femusc 28/01/2015 | 09h24

Festival de conexões globais, Femusc traz oportunidades de bolsas para participantes

Conheça as histórias de participantes que receberam convites para mestrado nos Estados Unidos

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros