Tiago Leifert, gêmeos e votação: saiba tudo sobre a nova edição do "BBB" que estreia na segunda-feira - Hora

Versão mobile

Sob nova direção20/01/2017 | 12h00Atualizada em 20/01/2017 | 12h16

Tiago Leifert, gêmeos e votação: saiba tudo sobre a nova edição do "BBB" que estreia na segunda-feira

Novo apresentador recebeu jornalistas na casa do programa, no Rio de Janeiro, e falou sobre a missão de substituir Pedro Bial

Tiago Leifert, gêmeos e votação: saiba tudo sobre a nova edição do "BBB" que estreia na segunda-feira Paulo Belote / TV Globo, divulgação/TV Globo, divulgação
Tiago Leifert Foto: Paulo Belote / TV Globo, divulgação / TV Globo, divulgação

Substituir Pedro Bial à altura no Big Brother Brasil não será tarefa fácil, mas Tiago Leifert, novo comandante da "nave louca", parece estar bem preparado para o desafio. Afinal, se o BBB é um jogo da vida real, envolvendo torcidas fanáticas e um mix de estratégia e sorte, o novo anfitrião sabe bem do que se trata o assunto: participou de coberturas esportivas, já apresenta um reality musical, o The Voice Brasil, e está à frente do Zero1, programa de games que a Globo estreou em 2016.

— O BBB é o maior videogame do mundo. O negócio de jogo virou clichê, mas é um jogo, sim. Estão aqui para ganhar — opina Leifert que, ao lado do diretor-geral, Rodrigo Dourado, recebeu 20 jornalistas de todo o país para um encontro dentro da "casa mais vigiada do Brasil", na quinta-feira nos Estúdios Globo.

Leia mais:
"BBB 17": o que muda na casa mais vigiada do Brasil na nova edição
BBB 17 tem dois gaúchos na disputa: conheça os participantes
Pai de gêmeas que disputam vaga no BBB 17 fala sobre filhas: "Mayla é coração, Emilly é razão"

O equilíbrio entre descontração, seriedade e bom humor que tornou Leifert a cara da renovação nos programas da emissora dará o tom da edição 2017 do reality, que estreia na segunda-feira após a novela A Lei do Amor — um fato inédito, já que a atração costumava começar sempre nas terças-feiras. Mas a novidade não é só essa: a competição vai começar antes para duas duplas de gêmeos, entre eles duas irmãs gaúchas. Antes dos 13 participantes entrarem na casa, na terça, eles já iniciam a disputa pelo voto do público, que escolherá apenas um de cada dupla para permanecer no jogo.

No BBB 17, seguem as divisões do "Tá com nada" e "Tá com tudo", grupos que têm direito a diferentes cardápios na casa. Há também a volta da votação antiga, sem divisão por regiões, alteração que foi instituída no andamento da edição passada. Já as quartas-feiras vão ser de festas temáticas por Estado. Aliás, a seleção de um dos elencos mais heterogêneos da história do programa — que inclui uma paratleta — revela a preocupação da direção em fazer o povo se identificar cada vez mais com os confinados. Para estimular essa aproximação da audiência com o reality show, a produção do programa decidiu investir pesado em um projeto de interação online.

— Criamos o conceito de rede do BBB. Vamos estar presentes ativamente em todas as plataformas, inclusive no Instagram e no Snapchat. Rafael Cortez, novo integrante da equipe, vai ter muito esse papel — explica Dourado.

Apresentador em tamanho real

A partir deste ano, o novo apresentador do BBB vai entrar na sala do programa literalmente dos pés à cabeça. A tradicional TV na qual Bial aparecia para os "brothers" saiu da sala de estar, e o espaço foi preenchido por um telão de LED de 2,5 metros de altura que se confunde com a parede.

— Gosto muito do programa, só não acompanhei as primeiras edições porque estava nos EUA. Sou fã do Bial. Nunca imaginei que iria apresentar o BBB porque nunca achei que ele fosse sair — conta o simpático Leifert, que foi intimado pelo diretor Boninho para estar à frente do reality neste ano.

— É normal ter comparações, sei que vou errar. Mas tenho uma grande equipe para me auxiliar — adianta.

Apesar de se dizer preparado para receber possíveis críticas, o apresentador promete ficar fora das redes sociais para "entrar limpo" no jogo, sem se contaminar. Mas a grande dúvida é se ele vai sofrer influência direta do formato consolidado por Bial: o antecessor tinha os discursos de eliminação como marca registrada. Sobre isso, Leifert desconversa:

— Esse recurso não existia no início, foi usado só depois. Talvez o momento peça um discurso, ou eu não precise falar nada. Tudo depende.

Outra questão que os fãs têm feito diz respeito à sonoridade do nome do estreante. Os participantes e o público vão trocar Bial por Leifert? Por Tiago? Ou, talvez, o apelido do The Voice Brasil também pegue no BBB?

— Pode ser Titi, não sei. Na verdade, por mim tanto faz. Não tenho preferência — revela, em meio a risadas.

* A repórter viajou a convite da Globo

BBB 17
RBS TV

Estreia da nova temporada, na segunda-feira, às 22h15min, após a novela A Lei do Amor.

 
 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros