Acadêmicos do Tatuapé é a campeã do grupo especial de São Paulo - Hora

Versão mobile

Carnaval28/02/2017 | 21h25Atualizada em 28/02/2017 | 21h28

Acadêmicos do Tatuapé é a campeã do grupo especial de São Paulo

Escola conseguiu a vitória somente na última nota, desbancando a Dragões da Real, que ficou com o vice-campeonato 

Acadêmicos do Tatuapé é a campeã do grupo especial de São Paulo JALES VALQUER/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Escola homenageou o continente africano e apresentou um desfile impecável e luxuoso Foto: JALES VALQUER / FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Agência Brasil
Agência Brasil

Com uma vitória conseguida apenas na última nota, a escola de samba Acadêmicos do Tatuapé foi a campeã do carnaval de São Paulo deste ano. Após homenagear o continente africano, a Acadêmicos do Tatuapé conseguiu nota 10 na quase totalidade dos quesitos e conquistou o primeiro ligar na disputa.

A escola de samba teve como tema Mãe África Conta a Sua História: do Berço Sagrado da Humanidade à Abençoada Terra do Grande Zimbabwe. Apenas nos últimos instantes os membros e torcedores da escola puderam comemorar o resultado.

Até a nota do penúltimo jurado, quem vencia era a escola Dragões da Real. Com uma homenagem à famosa música do cantor Luiz Gonzaga, a escola que ficou em segundo lugar teve o tema Dragões Canta Asa Branca. As notas, lidas na tarde desta terça-feira no Sambódromo do Anhembi, foram atribuídas por 36 jurados, quatro para cada um dos nove quesitos.

Duas escolas são rebaixadas

Na última e penúltima colocação, as escolas Águia de Ouro e Nenê de Vila Matilde foram rebaixadas para o Grupo de Acesso. De acordo com as regras, os critérios de desempate seguiram a ordem inversa dos quesitos que foram anunciados: fantasia, bateria, comissão de frente, mestre sala e porta bandeira, harmonia, alegoria, evolução, enredo e samba enredo.

X-9 e Independente sobem para o grupo especial

A escola de samba X-9 Paulistana, tradicional da zona norte da capital paulista, foi a campeã do Grupo de Acesso do carnaval de São Paulo este ano. Com enredo Vim, Vi, Venci – A Saga Artística de um Semideus, homenageando o artista Inos Corradin, a agremiação retorna ao Grupo Especial do carnaval paulistano no próximo ano.

Em segundo lugar, ficou a escola Independente, original do bairro da República, centro da cidade. As duas escolas sobem para o Grupo Especial no desfile do ano que vem.

Leia também:
Unidos da Coloninha é a campeã do Carnaval 2017 de Florianópolis

Escola de samba Aliança conquista o penta no carnaval de Joaçaba

Psicodália tem show da cantora Céu em sua última noite 

Ingresso para desfile das campeãs em Florianópolis custa R$ 40, e preço vira polêmica

Veja cinco pontos que não funcionaram nos desfiles da Nego Quirido e precisam melhorar

Pop Gay e cantora Lexa ganham o público na terceira noite de Carnaval de Florianópolis

 
 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros