Conheça o Carnaval de Joaçaba, que promete ser um dos melhores de SC - Hora

Carnaval 201723/02/2017 | 06h45Atualizada em 23/02/2017 | 06h45

Conheça o Carnaval de Joaçaba, que promete ser um dos melhores de SC

Com desfiles de escolas de samba pomposos e blocos na rua, Joaçaba promete um dos melhores carnavais de SC 

Conheça o Carnaval de Joaçaba, que promete ser um dos melhores de SC Regis Heberle/Divulgação
Foto: Regis Heberle / Divulgação

Quem diria que uma cidade do interior, com 28 mil habitantes, a maioria descendente de alemães e italianos, sediasse um dos principais carnavais de Santa Catarina. A 370 quilômetros de Florianópolis, na região meio-oeste, Joaçaba ficou famosa no Brasil pelos desfiles pomposos de escolas de samba que, guardadas as devidas proporções, são comparadas até ao espetáculo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro. O município prepara-se mais uma vez para folia e, apesar do enxugamento de recursos, promete o mesmo brio de sempre.

O Carnaval por lá é dividido em duas partes. O Carnafolia, que entre os dias 24 e 28 de fevereiro promove festas animadas por blocos numa arena montada na Praça da Catedral; e o desfile das escolas de samba, nos dias 25 e 26 na Avenida do Samba (Avenida XV de Novembro, no Centro).

Das quatro agremiações que fazem parte da Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d¿ Oeste (Lesjho), apenas três desfilarão: a Aliança, que tentará o pentacampeonato, a Acadêmicos do Grande Vale e a Unidos do Herval. A escola Vale Samba, a mais antiga da região, não terá desfile em razão de problemas internos e da morte do presidente, Alcemir Carlos Pinto Ribeiro, em dezembro do ano passado. Eles farão participação especial no domingo e uma homenagem a Ribeiro.

Foto: Regis Heberle / Divulgação

Quem paga a conta?

Assim como em outras cidades, o investimento em Carnaval diminuiu em Joaçaba, muito embora a prefeitura tenha garantido R$ 600 mil para o desfile. O valor é o mesmo do ano passado. Os recursos do governo do Estado, distribuídos via Funturismo para investimento em estrutura mediante inscrição dos municípios, ainda não foram repassados. Segundo a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), o processo está aberto à readequação da proposta e a SOL aguarda manifestação oficial da prefeitura de Joaçaba, no caso de desistência. 

A Liesjho também conseguiu aprovar, em dezembro de 2016, projeto no Ministério da Cultura, via Lei Rouanet, para arrecadar fundos com empresas. Até agora, não conseguiu captar o mínimo de 20% para garantir o projeto.

— É um ano bem difícil. Só o custo para estrutura é de R$ 900 mil. Mas estamos bem articulados. Já vendemos 50% dos ingressos para arquibancadas e 90% dos camarotes — diz o presidente da Liga, Dihego Joe Muller.

A Liesjho também estimula a promoção de eventos ao longo do ano, para que as escolas consigam angariar recursos para o desfile. A Aliança, por exemplo, já investiu R$ 1,3 milhão no enredo deste ano, graças aos patrocinadores e promoções ao longo de 2017.

Leia também:

Confira o que as escolas do Grupo Especial de Florianópolis irão apresentar sábado na Nego Quirido

9 festinhas para os diferentões que querem curtir um carnaval alternativo em Florianópolis

Confira a programação do Carnaval 2017 em Florianópolis

Confira os horários de ônibus em Florianópolis durante o Carnaval 

Nem tudo é Carnaval: confira 6 eventos culturais que ocorrem em Florianópolis durante esta semana

Confira a programação dos blocos de rua da Grande Florianópolis

Confira a programação do Carnaval 2017 em Santa Catarina

 
 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros