Romancista americana Paula Fox morre aos 93 anos - Hora

Versão mobile

Obituário06/03/2017 | 10h06Atualizada em 06/03/2017 | 10h12

Romancista americana Paula Fox morre aos 93 anos

Escritora era conhecida por seu trabalho para o público infantojuvenil

Romancista americana Paula Fox morre aos 93 anos Ver Descrição/Ver Descrição
Foto: Ver Descrição / Ver Descrição
AFP
AFP

A romancista americana Paula Fox, ganhadora do mais importante prêmio de literatura infantil e conhecida por explorar temas delicados como perda e abandono de maneira aberta, faleceu em Nova York, aos 93 anos – informou sua filha no domingo.

Paul Fox morreu em um hospital perto de sua casa no Brooklyn, contou sua filha Linda Carroll-Barraud ao jornal The New York Times. Em 1974, a escritora ganhou a medalha Newbery, a maior recompensa no gênero de literatura infantil, por seu livro The Slave Dancer. A obra conta a história de um garoto sequestrado por traficantes de escravos e levado para a África, em meados do século 19.

Leia mais:
Nova tradução de "Otelo" valoriza camadas do texto de Shakespeare
Celso Loureiro Chaves: um erro do Oscar puxa o outro

Durante sua longa carreira, Fox escreveu mais de 20 livros para jovens e seis destinados a adultos. Paula Fox passou sua vida entre Estados Unidos e Cuba, terra de sua mãe. Aos 16 anos, abandonou tudo e decidiu trilhar seu próprio caminho.

Ela estudou por um breve período na prestigiosa escola Juilliard para músicos de Nova York, trabalhou como jornalista e se casou duas vezes. Em 1978, foi agraciada com o Prêmio Hans Christian Andersen por sua obra dedicada às crianças.

Ela deixa o marido, dois filhos e vários netos, incluindo a estrela do rock e atriz Courtney Love, de 52 anos.

Leia outras notícias em ZH


 
Hora de Santa Catarina
Busca