Ator Fábio Assunção é preso em Pernambuco após se envolver em confusão  - Hora

Versão mobile

Com sinais de embriaguez24/06/2017 | 15h37Atualizada em 24/06/2017 | 20h01

Ator Fábio Assunção é preso em Pernambuco após se envolver em confusão 

Ele está sendo autuado por dano patrimônio público, desacato a autoridade, desobediência e resistência à prisão

Ator Fábio Assunção é preso em Pernambuco após se envolver em confusão  Renato Rocha Miranda/TV Globo/Divulgação
Foto: Renato Rocha Miranda / TV Globo/Divulgação

O ator Fábio Assunção, 45 anos, foi detido na madrugada deste sábado (24), após se envolver em uma confusão na festa São João do Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. Em vídeo que circula nas redes sociais é possível ver o ator alterado e discutindo com um grupo de moradores locais. Em outro vídeo, o artista aparece dentro de uma viatura policial.

De acordo com o comandante do 3° Batalhão da Polícia Militar, Wanderley de Carvalho, o ator agrediu pessoas e desacatou policiais. Além disso, teria quebrado um dos vidros da viatura em que foi levado.

Em nota, a Polícia Civil informou que Fábio está sendo autuado por dano qualificado ao patrimônio público, desacato a autoridade, desobediência e resistência à prisão.

Ator foi detido em Pernambuco Foto: Reprodução / Youtube

Antes da prisão, Fábio foi levado ao Hospital Memorial de Arcoverde com ferimentos leves. Lá, ainda segundo a nota da polícia, apresentava sinais de embriaguez e teria discutido com funcionários do hospital. Da unidade de saúde, ele voltou para o Pátio de Eventos, onde acontecia a festa. Duas jovens chamaram a PM e disseram estar sendo ameaçadas por Fábio. Foi no momento em que os agentes tentaram levar o ator para a delegacia, que ele ficou agressivo, se negou a entrar na viatura e foi algemado.

Leia mais
Cris Silva ganha mais espaço na Farroupilha e conta por que está tão realizada no rádio
Michele Vaz Pradella: "Digam ao povo que Elvira fica!"
Problema de saúde impede vinda de Ziraldo à Feira do Livro de Canoas

Como o total das penas dos crimes pelos quais foi autuado somam mais de três anos de reclusão, não é possível fazer o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Por isso, após ser encaminhado para exames no IML, o ator será apresentado para audiência de custódia.

Fábio estava na cidade para o lançamento do documentário "Eu sonho para você ver", produzido em parceria com a cineasta e namorada do ator, Pally Siqueira. A assessoria de comunicação da TV Globo informou que o assunto é pessoal e será tratado pela assessoria direta do ator, que não se manifestou sobre o ocorrido até o momento.

Exibição do documentário hoje as 21h!!! #eusonhoparavocever #saojoaodearcoverde2017

A post shared by Fabio Assunção (@fabioassuncaooficial) on

Não é a primeira vez que o artista tem problemas relacionados ao uso de álcool e drogas. Em 2008, ele admitiu à Polícia Federal que era dependente químico e passou anos em tratamento, com acompanhamento médico e psicológico. Em abril de 2016, Fábio foi detido em uma blitz no Rio de Janeiro por embriaguez ao volante. 

Íntegra da nota das polícias Civil e Militar

"A Polícia Militar informa que, na madrugada de hoje (24/06), foi acionada para mandar uma viatura para o Hospital Memorial Arcoverde. Lá, o ator Fábio Assunção, levado para a unidade por ter se envolvido em uma briga no Pátio de Eventos da cidade, teria ficado agressivo com as pessoas. Por isso, os funcionários da unidade chamaram a polícia. Ao chegar ao local, porém, a viatura não encontrou mais o ator e retornou ao Pátio de Eventos.

No caminho, os policiais foram acionados por duas jovens, que alegaram estar sendo ameaçadas pelo ator. Ao tentar levar as partes para esclarecer os fatos na delegacia, Fábio Assunção ficou agressivo e se negou a entrar na viatura, sendo necessário o uso de algemas para levá-lo. Ao ser colocado no xadrez da viatura ele ficou ainda mais violento, e quebrou o vidro traseiro do veículo.

Diante do exposto, a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia Seccional. A delegada Cristina Gomes, que estava de plantão, fez a escuta de testemunhas. As ouvidas continuam até o momento. Fábio Assunção está sendo autuado por dano qualificado ao patrimônio público, desacato a autoridade, desobediência e resistência à prisão. Como o total das penas soma mais que três anos de reclusão, não cabe, no caso, o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Por isso, o ator será encaminhado para exames clínicos no IML e, posteriormente, apresentado na audiência de custódia."

 
Hora de Santa Catarina
Busca