O Sétimo Guardião: Stella vive seus dramas e a péssima relação com a sogra - Hora

Vers?o mobile

 
 

Retratos da Fama23/11/2018 | 06h45Atualizada em 23/11/2018 | 06h45

O Sétimo Guardião: Stella vive seus dramas e a péssima relação com a sogra

O Sétimo Guardião: Stella vive seus dramas e a péssima relação com a sogra Estevam Avellar/TV Globo/Divulgação
Atriz Vanessa Giácomo é quem dá vida a personagem Foto: Estevam Avellar / TV Globo/Divulgação
Hora de Santa Catarina
Hora de Santa Catarina

redacaohsc@somosnsc.com.br

Sombras do passado insistem em se fazer presentes na vida de Stella, em O Sétimo Guardião. A dor da perda de um bebê, durante a gestação, e o drama do alcoolismo são fardos que a personagem vivida por Vanessa Giácomo carrega na novela das nove. E como se essa carga já não fosse suficientemente pesada, uma bagagem extra contribui para desestabilizar ainda mais a mulher do doutor Aranha (Paulo Rocha).  O casal vive sob o mesmo teto que Mirtes (Elizabeth Savalla), a mãe do médico, que tem como seu maior prazer tirar a nora do sério. 

— A sogra de Stella é bem maldosa, joga as coisas na cara. Minha personagem sente uma dor por não conseguir ser mãe, tem uma culpa, mas não sei se ela é frustrada neste sentido. A culpa da Stella está mais ligada à pressão que Mirtes faz pelo fato de a nora não ter lhe dado um neto. Como não consegue engravidar, ela volta a beber — conta a atriz.

Vanessa é mãe de Raul, 10 anos, e de Moisés, 7, frutos da união com o ator Daniel de Oliveira, além de ter Maria, três aninhos, do seu atual casamento com o empresário Giuseppe Dioguardi.

Na vida real é diferente

Se, na ficção, a rotina de sogra e nora é um inferno, na vida real, a atriz garante que a paz impera na sua relação com a mãe de seu marido:

— Amo a minha sogra. Ela é uma pessoa maravilhosa para mim e para os meus filhos. As pessoas contam histórias horrorosas com sogras, e eu não consigo acreditar. Mas sei que sou uma pessoa de fácil convívio. Se eu tiver que falar algo, digo tudo na cara, mas sem ofender.

O papel de coitadinha também não se encaixa na personalidade de Stella.

— Ela não é nem um pouco vítima. Stella também é o cão com a sogra. Apesar da fragilidade, ela tem uma força enorme. Se tiver que falar, ela vai falar.

 Leia mais notícias de Entretenimento

Leia as últimas notícias da Grande Florianópolis

 
Hora de Santa Catarina
Busca