Paixão Azurra: desfecho com comédia no caso Henan - Avaí - Esportes - Hora

Versão mobile

 

Opinião12/01/2018 | 21h09Atualizada em 12/01/2018 | 21h09

Paixão Azurra: desfecho com comédia no caso Henan

Vinícius Bello é o novo colunista avaiano da Hora

Paixão Azurra: desfecho com comédia no caso Henan Tiago Ghizoni/Hora de Santa Catarina
Foto: Tiago Ghizoni / Hora de Santa Catarina
Vinícius Bello
Vinícius Bello

azurra@somosnsc.com.br

Comentei  sobre a novela envolvendo o atleta Henan, que negociava com diversos times, dentre os quais o Avaí. Na quarta-feira, mesmo depois de negociar salários, o jogador disse que não defenderia o Leão pela identificação com o rival – com o qual rejeitou renovação por três meses. 

Eis que ontem teve a sua contratação anunciada pelo coirmão, que, com certeza, já estava acertada quando da declaração nos rejeitando. Ou seja: o jogador aproveitou as especulações pra fazer uma média com a torcida do S/A, pelo qual já sabia que iria jogar. E pior que muita gente caiu nessa.

Cerveja nos estádios

O Governador Raimundo Colombo sancionou ontem a Lei que libera a venda de cerveja nos estádios de Santa Catarina. Pessoalmente sou favorável, por pensar que a proibição não inibiu a violência, nem o consumo, e que o grande problema está no entorno das praças esportivas. 

Leia mais colunas da Paixão Azurra
Fique por dentro de tudo que é notícia sobre o
Avaí
Secador e curioso?
Espia a coluna do vizinho também

 
Hora de Santa Catarina
Busca