Avaí empata com o Concórdia e fica mais distante da final do Catarinense 2018 - Avaí - Esportes - Hora

Versão mobile

 

Estadual18/03/2018 | 20h51Atualizada em 18/03/2018 | 20h51

Avaí empata com o Concórdia e fica mais distante da final do Catarinense 2018

Leão não passa pelo Galo e placar de 1 a 1 praticamente tira o time da decisão do Estadual

Avaí empata com o Concórdia e fica mais distante da final do Catarinense 2018 Ricardo Artifon/Concórdia
Foto: Ricardo Artifon / Concórdia
DC Esportes
DC Esportes

O sonho de chegar à final do Campeonato Catarinense 2018 ficou ainda mais distante para o Avaí após os resultados da 14ª rodada. Neste domingo, o Leão ficou em vantagem logo no primeiro minuto de partida com Romulo, mas o Galo empatou alguns minutos depois com Gelson. Assim, o empate por 1 a 1 diante do lanterna, no Domingos Machado de Lima, faz os azurras precisarem de 100% de aproveitamento nos últimos jogos, além de torcer contra a líder Chapecoense e o  vice-líder Figueirense. 

Com 22 pontos, o Leão se manteve na terceira colocação, mas a distância para a Chape subiu a 11 pontos, enquanto a distância em relação ao Figueira foi a oito pontos. Agora, o Avaí terá pela frente partida diante do Criciúma, quarta-feira às 21h45min, na Ressacada. O Galo, com 12 pontos, permanece na lanterna. O Concórdia enfrenta o Inter de Lages na quinta-feira, às 19h30min, no Tio Vida. O jogo será mais um confronto direto na luta pela permanência na elite do Estadual.  Esses duelos são válidos pela 15ª rodada. 

VEJA COMO FOI A PARTIDA NO MINUTO A MINUTO DO DIÁRIO CATARINENSE!

Com cinco jogadores formados na base entre os titulares, o Avaí abriu o placar logo a um minuto de partida. O zagueiro Gabriel errou ao recuar para o goleiro Zé Carlos, o atacante Getúlio recuperou pelo Leão, levantou a cabeça e serviu Romulo no meio da área. Ele bateu  colocado, no canto direito. A festa azurra durou apenas oito minutos, até o gol de empate. Gelson aproveitou a bola alçada, ganhou de João Paulo e tocou na saída de Aranha. O Galo ainda teve, em um chute de Paulinho de fora da área, a melhor chance para virar o placar.

Os chutes de longe foram as principais jogadas do Concórdia no segundo tempo. O time do Oeste teve ao menos quatro boas chances para virar o placar neste tipo de lance. Andrei Alba mandou à esquerda, mesmo canto por onde passou o arremate de Wellington Neto. Vitinho acertou o alvo, mas a bola parou na rede pelo lado de fora. E quando Vinicius Baiano, aos 21 minutos, mirou no ângulo direito, Aranha saltou para tirar com a ponta dos dedos. Ele ainda repetiu a dose em cobrança de falta de Gelson. O Leão teve nos pés de Martinuccio e também de Rafinha as chance da vitória. Na primeira, ele chutou em cima de Zé Carlos e o segundo mandou pela linha de fundo. 

FICHA TÉCNICA

CONCÓRDIA - 1
Zé Carlos; Lucas, Lacerda, Gabriel Peres, Talys (Igor Brondani); Wellington Neto (Giancarlo), Gelson, Andrei Alba e Paulinho; Aldair (Vitinho) e Vinícius Baiano. Técnico: Paulo César Moro (interino).

AVAÍ - 1
Aranha; Guga, Alemão, Betão e João Paulo (Lovat); Menezes, Marcinho e Martinuccio; Romulo, Getúlio e Maurinho (Rafinha). Técnico: Evando (interino).

GOLS: Romulo (A), a 1 minuto, e Gelson, aos 9 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS:
Talys, Lucas e Igor Brondani (C). Alemão, Betão e Marcinho (A).
BORDERÔ: 758 pagantes (1077 total) para renda de R$ 21.950,00.
ARBITRAGEM: Rodrigo D'Alonso Ferreira, auxiliado por Thiago Americano Labes e Clair Dapper.
LOCAL: Domingos Lima, em Concórdia.

Confira a tabela do Catarinense 2018
Leia mais notícias sobre o
Catarinense 2018

 
Hora de Santa Catarina
Busca