Paixão Azurra: zagueiro Marquinhos como novidade no Avaí - Avaí - Esportes - Hora

Versão mobile

 

Opinião23/05/2018 | 06h56Atualizada em 23/05/2018 | 06h56

Paixão Azurra: zagueiro Marquinhos como novidade no Avaí

Colunista Vinícius Bello opina diariamente sobre os assuntos do Leão da Ilha

Paixão Azurra: zagueiro Marquinhos como novidade no Avaí Luiz Henrique/FFC
Foto: Luiz Henrique / FFC
Vinícius Bello
Vinícius Bello

azurra@somosnsc.com.br

Quando o nome do zagueiro Marquinhos, ex-jogador do time vizinho, começou a ser ventilado já na segunda-feira, diversas reações tomaram conta das redes sociais. Identificado com o falecido rival, muitos avaianos, aparentemente, não concordaram com a contratação justamente por essa mancha no seu currículo. Porém, recorda-se que o final da relação com o coirmão não foi muito boa. Esteve envolvido em polêmicas e acabou sendo mais um a sair pela porta dos fundos.

Acho que a contratação precisa ser analisada mais pelo prisma técnico. Fato é que trata-se de um zagueiro de 35 anos, que atuou pela última vez em novembro do ano passado. Esteve parado um bom tempo em 2017 por conta de uma acusação de doping – processo no qual foi absolvido – e quando retornou não fez uma boa Série B. Se vale a pena ou não, depende também do custo-benefício. Talvez por se tratar, a princípio, de um jogador para recomposição, um contrato curto com um baixo salário pode justificar a aposta. Não se pode esperar, todavia, pelo jogador que se destacou em 2014 e 2015, pois o tempo passou.

Preparação intensa

O Avaí segue focado. A sequência de dois jogos em casa é vista pelos jogadores como a grande oportunidade de reverter os números na Ressacada e passar a ser um mandante efetivo na Série B, o que seria um importante para o acesso. 

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais colunas da
Paixão Azurra
Fique por dentro de tudo que é notícia sobre o
Avaí
Secador e curioso?
Espia a coluna do vizinho também 

 
Hora de Santa Catarina
Busca