Paixão Azurra: incríveis dois pontos perdidos em Goiânia - Avaí - Esportes - Hora

Vers?o mobile

 

Opinião07/11/2018 | 06h57Atualizada em 07/11/2018 | 06h57

Paixão Azurra: incríveis dois pontos perdidos em Goiânia

Colunista Vinícius Bello opina diariamente sobre os assuntos do Leão da Ilha

Paixão Azurra: incríveis dois pontos perdidos em Goiânia ANDRÉ COSTA/O POPULAR
Foto: ANDRÉ COSTA / O POPULAR
Vinícius Bello
Vinícius Bello

azurra@somosnsc.com.br

Era o jogo pra carimbar o acesso à Série A. Não matematicamente, mas chegando aos 59 pontos seria apenas questão de tempo. E a partida esteve totalmente à feição do Avaí. Um primeiro tempo de muita superioridade, onde poderíamos ter matado o jogo, mas ficamos no 1 a 0.

A postura do Leão no segundo tempo, porém, assustou. Totalmente sem necessidade, nos enterramos na defesa e sofremos uma pressão inacreditável. Só que após o gol de empate, quando parecia que levaríamos a virada, em um contra-ataque mágico Renato recolocou o Avaí na frente.

A sensação era de que o gol do acesso, nos pés de Renato, estava surgindo. Aí veio um lance muito infeliz de Luanzinho, com uma penalidade completamente infantil que empatou o jogo. Uma lesão no Atlético, que ficou com um a menos, mudou a tendência de pressão do time Goiano para massacre do Avaí nos acréscimos. E os pés de Renato, que poderiam ter nos garantido na elite com o nosso segundo gol, foram os mesmos que desperdiçaram duas chances inacreditáveis para fazer o terceiro. A pior delas aos 48, cara a cara com o goleiro.

Embolou

Com o empate, a grande vantagem que teríamos virou quarto lugar e, com a vitória do Londrina, apenas três pontos de distância do quinto. Não tem jeito, com o Avaí tudo é sofrido, e o torcedor já está acostumado.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais colunas da
Paixão Azurra
Fique por dentro de tudo que é notícia sobre o Avaí
Secador e curioso?
Espia a coluna do vizinho também 

 
Hora de Santa Catarina
Busca