Rodrigo Faraco: Marquinhos Santos chega prometendo muito trabalho no Figueirense - Figueirense - Esportes - Hora

Versão mobile

O novo21/09/2016 | 07h26Atualizada em 21/09/2016 | 07h26

Rodrigo Faraco: Marquinhos Santos chega prometendo muito trabalho no Figueirense

Novo treinador assume com a missão de trabalhar firme 

Rodrigo Faraco: Marquinhos Santos chega prometendo muito trabalho no Figueirense Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

O lema foi usado pelo novo técnico do Figueirense, Marquinhos Santos, na entrevista do aeroporto e na coletiva de apresentação. Ele mesmo disse que esse é o slogan dele. É como se fosse o ¿aqui é trabalho¿ do Muricy Ramalho. Na verdade, é uma frase de efeito que pouco mostra sobre o novo comandante, a não ser a disposição dele de trabalhar muito para fazer o que precisa ser feito. E como escrevi quando Argel chegou, ele vai ter muito trabalho também para melhorar o desempenho do Figueirense nos jogos e na tabela do Brasileirão.

Marquinhos Santos promete livrar o Figueirense do Z-4: "Dias mais longos, noites mais curtas"

Obviamente fui conversar com gente que conhece mais de perto o trabalho de Marquinhos. Ouvi que trabalha muito em função de cada adversário e cada jogo. Ouvi também que é um treinador com bom comando no vestiário. São características fundamentais para que tenha sucesso neste desafio de 12 jogos. Marquinhos Santos falava de trabalho, mas o slogan serve para o torcedor nestes próximos três meses. Aquele mais apaixonado, que sofre bastante. Quem sabe o novo treinador possa devolver a este torcedor uma noite de sono mais longo e tranquilo.

Novidade na base do Figueirense

Sem publicidade, o Figueirense apresentou na última semana, internamente, um novo diretor de base do clube. Trata-se de Hugo Machado D¿Élia, que tem passagens por Corinthians e Santos. Ele não vem para o lugar de ninguém. Seu cargo, de diretor, não existia. Foi criado e na hierarquia fica acima do gerente, Rodrigo Nagel, e do coordenador, Pedro Smania. Quem o trouxe para o clube foi o superintendente Cléber Giglio, que segue firme, apesar de muitas críticas, de imprensa e torcida, ao seu trabalho.

Figueirense garante vaga nas quartas de final do Brasileiro de Fut-7

A apresentação foi na última quinta-feira e causou surpresa no clube. Consultei a assessoria de imprensa do clube e recebi o objetivo da chegada do novo diretor: ¿a contratação do novo diretor da base alvinegra veio para suprir um cargo que estava vago. Tínhamos um gerente e um coordenador, mas não tínhamos um diretor. A chegada do Hugo, com a sua experiência, veio pra acrescentar ainda mais o nosso trabalho de base¿.

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros