Rodrigo Faraco: os bastidores da saída de Carlos Alberto do Figueirense - Figueirense - Esportes - Hora

Versão mobile

Teve briga13/09/2016 | 16h15Atualizada em 13/09/2016 | 16h19

Rodrigo Faraco: os bastidores da saída de Carlos Alberto do Figueirense

Desentendimentos, troca de tapas, confusão e mais uma lesão selaram o fim da passagem do jogador no Furacão

Rodrigo Faraco: os bastidores da saída de Carlos Alberto do Figueirense Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

O Figueirense segurou muito além do limite a "bomba relógio" que se tornou o meia Carlos Alberto. A dispensa veio agora por um motivo muito simples: ele não tinha mais ambiente entre os companheiros. O grupo se voltou contra ele depois de alguns desentendimentos recentes, que começaram depois da saída de Argel. Se sentindo com mais liberdade e, de certa forma, dono do grupo, Carlos Alberto passou a exercer uma liderança ruim internamente. Pelo que apurei agora, posso relatar fatos dos últimos jogos.

Leia outras colunas de Rodrigo Faraco
Branco anuncia que o meia Carlos Alberto está fora do Figueirense

Na partida em Cariacica, Carlos Alberto e o preparador Marcos Seixas discutiram asperamente no intervalo do jogo contra o Flamengo. Carlos Alberto não tinha também um bom relacionamento interno com jogadores mais jovens, como Jefferson e Pedroso. E a gota d'água foi no intervalo do jogo em São Paulo. Carlos Alberto foi pra cima do meia Dodô pra cobrar dele. Os dois trocaram tapas. Neste último episódio o grupo se voltou contra o camisa 19.

Carlos Alberto fora do Figueirense: "Antes tarde do que nunca"

Além de todas as confusões, Carlos Alberto está machucado de novo. Não havia mais como segurar. O Figueirense demorou, mas agiu certo.


 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros