Rodrigo Faraco: saíde de Sérgio Corrêa não deve mudar muita coisa na arbitragem brasileira - Figueirense - Esportes - Hora

Versão mobile

Tudo igual28/09/2016 | 00h26Atualizada em 28/09/2016 | 00h26

Rodrigo Faraco: saíde de Sérgio Corrêa não deve mudar muita coisa na arbitragem brasileira

Coronel Marinho assume o cargo dentro da CBF

Rodrigo Faraco: saíde de Sérgio Corrêa não deve mudar muita coisa na arbitragem brasileira Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

A mudança anunciada no comando da arbitragem nacional, com a saída de Sérgio Corrêa e a entrada do Coronel Marinho, pouco significa. Na verdade, são dois homens de confiança de Marco Polo Del Nero, presidente da CBF. Vai significar se houver alguma ideia diferente a ser implantada, o que, sinceramente, não acredito.

Sergio Corrêa não resistiu às pressões, que aumentaram nas últimas semanas, com erros em escolhas e gritaria geral dos clubes. Acho que a temporada bate recorde de DVD¿s e reclamações. Enquanto os clubes não fizerem algo realmente, em vez de ficarem jogando pra torcida com entrevistas recheadas de bravatas, nada vai mudar na arbitragem brasileira.

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros