Rodrigo Faraco: Vagner Mancini seria o nome certo para o Figueirense - Figueirense - Esportes - Hora

Versão mobile

Mercado17/09/2016 | 12h29Atualizada em 17/09/2016 | 12h29

Rodrigo Faraco: Vagner Mancini seria o nome certo para o Figueirense

Fui atrás de informações sobre os nomes que podem assumir o clube

Rodrigo Faraco: Vagner Mancini seria o nome certo para o Figueirense Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

O que apurei e consegui confirmar sobre a busca do Figueirense pelo novo treinador, passa por três nomes. O primeiro técnico procurado foi Vágner Mancini, que recém saiu do Vitória. Mancini colocou sua proposta pra vir, com salários de três dígitos. A diretoria achou uma pedida alta, deixou em aberto e seguiu no mercado.

Figueirense contrata volante Josa, de 31 anos

O segundo nome procurado foi de Marcelo Cabo, que está no Atlético-GO. Cabo faz ótimo trabalho na equipe, que conduz com solidez desde o início da B dentro do G-4. Passou pelo Figueirense entre 2011 e 2012, quando trabalhou com auxiliar de Jorginho e Branco. O treinador agradeceu e preferiu permanecer no Atlético-GO. Conversei com Marcelo Cabo na tarde desta sexta. Ele confirmou o contato do Figueirense e a resposta.

Ex-Figueirense Alex Muralha é convocado para a Seleção Brasileira

O nome que entra na sequência é de Milton Mendes, ex-Santa Cruz e Atlético-PR. Ele agrada a diretoria também num conceito de trabalho longo e planejado, não viria somente para a luta contra o rebaixamento. Até sexta à tarde Milton não havia sido procurado oficialmente.

Vai custar mais caro mesmo

Sinceramente, avalio que o Figueirense devesse insistir com Vágner Mancini. Mesmo que custe um pouco mais caro, é um treinador que pode fazer o que o Figueirense precisa agora e também o trabalho de reestruturação do grupo. A busca agora não tem que utilizar o valor gasto como primeiro critério.

Técnico do Figueirense sabe da dificuldade, mas quer surpreender o Flamengo no domingo

O Figueirense vem gastando em torno de R$ 50 mil de salários aos seus treinadores. Agora, numa operação de resgate, vai custar mais caro mesmo. O Figueira tem que avaliar que esta pode ser a sua última chance de acertar e que o grupo de jogadores precisa de um comando mais forte.

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros