Paixão Alvinegra: a grande chance para o garoto Wesley - Figueirense - Esportes - Hora

Vers?o mobile

 
 

Opinião02/11/2018 | 06h17Atualizada em 02/11/2018 | 06h17

Paixão Alvinegra: a grande chance para o garoto Wesley

Colunista Ivens Abreu opina diariamente sobre os assuntos do Furacão do Estreito

Paixão Alvinegra: a grande chance para o garoto Wesley Vinicius Nunes / Figueirense/Figueirense
Foto: Vinicius Nunes / Figueirense / Figueirense

O garoto Wesley, zagueiro de 18 anos, deverá mesmo ter a chance e ser um dos zagueiros para a partida de hoje contra o Oeste. Os zagueiros Eduardo e Nogueira treinaram, só que Micale deixou nas entrelinhas que teremos novidades e alguns garotos poderão ser surpresa na escalação. Acho que até o Denis corre o risco de ser substituído. Enquanto não fizer os 46 pontos ou 100% garantidos, acho arriscado fazer experiências. Só que quem escala é o homem.

Todo mundo está devendo

Que o Figueirense tem dívidas, isso todo mundo sabe – assim como a maioria dos grandes clubes. Muitos não sabem, mas tem uns que devem ao Alvinegro do Estreito. Internacional e Fluminense levaram atletas do Scarpelli mas até hoje não pagaram. Esse é apenas um exemplo, tem mais gente que tem que acertar as contas com o Furacão, que está dando uma de velhaco e não pagando. 

Tecnologia no futebol

Quando o VAR é utilizado os bandeirinhas viram figurantes e o árbitro só assopram o apito. No jogo do Inter um gol foi anulado, do Palmeiras também foi flagrado um impedimento. As penalidades, lances que passaram despercebidos pelo homem do apito, tiveram a interferência da tecnologia.  O árbitro deve ser soberano, errar é humano. Respeito a opinião de todos, mas eu sou contra essa tecnologia. 

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais notícias sobre o Figueirense
Acompanhe a coluna Paixão Alvinegra na Hora de Santa Catarina
Secador e curioso?
Confira também a coluna do vizinho 

 
Hora de Santa Catarina
Busca