Paixão Alvinegra: comandante do insucesso - Figueirense - Esportes - Hora

Vers?o mobile

 
 

Opinião19/11/2018 | 06h59Atualizada em 19/11/2018 | 06h59

Paixão Alvinegra: comandante do insucesso

Colunista Ivens Abreu opina diariamente sobre os assuntos do Furacão do Estreito

Paixão Alvinegra: comandante do insucesso Vinicius Nunes/Figueirense
Foto: Vinicius Nunes / Figueirense

Com os resultados alcançados e tendo Micale desde o começo, já estaríamos rebaixados há quatro rodadas. Não conheço nenhum clube que seguraria um treinador com esse rendimento.

Na reta final 

A última rodada vai ser eletrizante. Clubes lutando para serem promovidos, enquanto outros para não cair. O Figueira contratou e não está tendo êxito. Alguns plantéis mais modestos, mas tendo o principal no futebol, que é a vontade e a determinação, estão colhendo frutos. Uma série de combinações ainda tira o sono dos alvinegros, difíceis de acontecerem, mas não impossíveis. Nessa reta final até o número de gols vai ser importante. Uma das ameaças é o Paysandu ganhar do Atlético-GO na Curuzu e retirar a diferença de seis gols de saldo em relação ao Alvinegro.

Previsões equivocadas

Os dois times da Capital entraram na Segundona e os comentaristas de futebol tinham opiniões que não estão sendo confirmadas. O Alvinegro do Estreito vinha da conquista do Estadual, comentava-se que seria um dos prováveis promovidos à primeira divisão. O time do vizinho seria mero participante e provavelmente iria conseguir a permanência. Hoje a realidade é outra. A vizinhança está com pé na Série A e o Figueirense esperneando para que não aconteça o pior, o rebaixamento.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais notícias sobre o Figueirense
Acompanhe a coluna Paixão Alvinegra na Hora de Santa Catarina
Secador e curioso?
Confira também a coluna do vizinho
Dica da Hora: acesse também a
coluna do Rodrigo Faraco

 
Hora de Santa Catarina
Busca