Torcida camaleão: um olho no Figueirense, outro no cenário estranho armado no Beira-Rio - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Opinião30/09/2016 | 14h04Atualizada em 30/09/2016 | 14h04

Torcida camaleão: um olho no Figueirense, outro no cenário estranho armado no Beira-Rio

Clima preparado pelo Internacional e escolha do árbitro pela CBF fazem com que preocupação não seja só com o futebol para jogo de sábado

O presidente do Figueirense, Wilfredo Brillinger, há pouco tempo recorreu à CBF para solicitar mais atenção para sucessivos erros de arbitragem que o Figueira vinha sofrendo no Brasileiro. Aliás, não é a primeira vez, contra o Corinthians, em julho, já houve indignação (clique aqui e relembre).

Vídeos em que Figueira reclama erros da CBF

A comissão de arbitragem reconheceu, em manifestação ao clube, a procedência das reclamações: nove de 14 decisões de arbitragem teriam prejudicado o Alvinegro.

Presidente Wilfredo já reclamou das arbitragens à CBF. E agora? Foto: Betina Humeres / Agencia RBS

É, portanto, espantoso, até assustador, perceber que quem cuida da arbitragem na CBF tenha designado para este jogo com forte potencial explosivo o árbitro Luiz César de Oliveira Magalhães. Este é o famoso "Quem?" (clique aqui e veja o ano do árbitro, somente em jogos de menor porte ou como quarto árbitro).

Se há um gigante do futebol brasileiro ameaçado com o primeiro rebaixamento de sua história, há motivos para preocupação extra com o jogo.

Se o clima panela de pressão está instalado: o Inter franqueou a entrada de sócios e não caberá uma agulha no Beira-Rio, há porque direcionar uma arbitragem experiente.

Então um árbitro cascudo, conhecido, imune à pressão teria de ser designado. No entanto, aparece este nome. Olhando as súmulas da CBF, não é que o senhor Luiz Magalhães vai estrear em Série A?

Loucura, não? Sabemos que o sujeito tem o direito de um dia estrear na Série A, certo? Mas agora, em tal circunstância. Haja confiança da comissão de arbitragem!

Sábado à noite, a nação alvinegra terá de ser camaleão: torcer pelo Figueira com um olho. O outro terá de ficar atento a tudo e todos.

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros