Augusto Ittner: Entidade de Brusque é condenada por fraude em programa do Ministério do Esporte - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Decisão03/10/2016 | 20h14

Augusto Ittner: Entidade de Brusque é condenada por fraude em programa do Ministério do Esporte

 

Falta de uniformes, calçados e materiais esportivos adequados para crianças, oferta de alimentos com a data de validade vencida, superfaturamento na aquisição de produtos e direcionamento de licitações sem divulgação estão entre as irregularidades apontadas em um relatório da Controladoria Geral da União (CGU) que envolvem o Instituto Contato, responsável pelo Programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte, em Brusque.

A entidade terá de ressarcir o governo federal em R$1,02 milhão e toda a ação foi entendida como fraude na implantação de núcleos esportivos. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) confirmou na semana passada a decisão que foi desenrolada por uma ação civil pública do Ministério Público Federal (MPF). Ainda cabe recurso.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCMinistério Público investiga morte em operação do Bope, em Piçarras: https://t.co/6PaGv6K3kA https://t.co/KAD6buOrwihá 6 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCCatarinense doa medula óssea para paciente na França: https://t.co/0cvx2ju7LU https://t.co/1OLlhsk1uhhá 7 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca