Augusto Ittner: Presidente da FMD elogia "nova geração" do esporte de Blumenau e projeta 2018 - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Opinião17/10/2016 | 07h04

Augusto Ittner: Presidente da FMD elogia "nova geração" do esporte de Blumenau e projeta 2018



A terceira posição de Blumenau na classificação geral dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina pode parecer apenas um resultado aleatório, mas o desempenho dos jovens atletas da cidade agradou — e muito — os dirigentes da Fundação Municipal de Desportos (FMD).

Isso por conta de alguns destaques individuais, como de Amanda Scherer, do arremesso de peso, escolhida como a melhor atleta entre todas as modalidades, e de resultados coletivos, caso do vôlei feminino, xadrez e futebol masculinos, campeões.

O atual presidente da FMD, João Sendeski, se disse satisfeito com o que ele chama de “nova geração” da base do esporte blumenauense e projeta um impacto nos Jogos Abertos de 2018:

— Acredito que vamos conseguir colher os frutos daqui a dois anos, com um bom desempenho nos JASC só com pratas de casa, sem precisar importar atletas.

Não acho que a base de Blumenau seja um primor, mesmo assim ainda está anos-luz à frente de outras cidades, mérito principalmente dos profissionais responsáveis pela formação dos atletas. Agora o que precisa ficar claro é que a valorização desses jovens só será possível com políticas que incentivem o alto rendimento muito além do bolsa atleta, que é algo que venho martelando neste período de eleições.

A linha entre ser um adolescente que separa parte da semana a alguma modalidade e ser um adulto cuja vida é dedicada àquilo é muito tênue. Muitos não dão sequência. Prender esse jovem é essencial para que, aí sim, na prática, as conquistas apareçam.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros