Contra time da zona da degola, Avaí tenta permanecer no G-4 da Série B - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Na Ressacada15/10/2016 | 07h19Atualizada em 15/10/2016 | 07h19

Contra time da zona da degola, Avaí tenta permanecer no G-4 da Série B

Leão precisa vencer o Tupi neste sábado, às 16h, em Florianópolis

Contra time da zona da degola, Avaí tenta permanecer no G-4 da Série B Arte/DC
Foto: Arte / DC

Pela primeira vez desde que teve uma arrancada espetacular na Série B e entrou no G-4, o Avaí será testado. O Leão consegue reagir após uma derrota? Os atletas azurras querem dar uma resposta positiva. Afinal, na Ressacada, a equipe não perde há cinco jogos, todos com vitórias. Isso fez o time crescer na competição e voltar a sonhar com o acesso à elite nacional. Para manter a boa fase, os avaianos precisam vencer neste sábado o Tupi, às 16h.

O técnico Claudinei Oliviera terá uma equipe reforçada. Marquinhos, João Filipe e Fábio Sanches voltam ao time. Todos desfalcaram o Leão diante do Atlético-GO, e pode-se dizer que isso pesou para a derrota dos catarinenses para o líder.

– O retorno do Fábio e do Marquinhos estava programado, o João era suspensão. Poderíamos ter perdido o jogo lá da mesma forma, tomamos a decisão correta de não ter levado o Marquinhos. A equipe é essa, o Vitor tem treinado bem, o William não tem condição de atuar 90 minutos – analisou o técnico azurra, confirmando que o jovem Vitor, de 19 anos, jogará sua terceira partida consecutiva como titular no Leão.

Atenção com o adversário

O Tupi está na zona de rebaixamento e por isso a confiança da torcida aumenta. Mas Claudinei Oliveira prefere a cautela.

– Me preocupo com a qualidade do adversário. Temos que ter esse nível de atenção, mobilização e não podemos cair nessa armadilha de que eles estão na zona e por isso é mais fácil. O Brasil de Pelotas empatou com o Sampaio, o Ceará também. Muito passa por isso, não pode olhar para a tabela e achar que vamos ganhar de qualquer jeito – analisou Claudinei.

O treinador quer garantir logo o acesso e, para ele, não tem como transferir responsabilidades.

– Queremos subir, todos os jogos têm que ser com a mesma seriedade. Temos que ganhar do Vila, do Tupi, do Vasco e não dá para ir transferindo a responsabilidade para frente – finalizou.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ
Renan; Alemão, Fábio Sanches, Betão e Capa; Luan, João Filipe, Renato, Marquinhos; Romulo e Vitor. 

Técnico: Claudinei Oliveira 

TUPI
Rafael Santos; Henrique, Gabriel Santos, Bruno Costa e Luiz Paulo; Renan, Marcel, Jonathan, Hiroshi e Pedrinho; Giancarlo. 

Técnico: Ricardinho. 

Arbitragem: Vinícius Furlan, auxiliado por Daniel Paulo Ziolli e Gustavo Rodrigues de Oliveira (trio de SP).
Local: Estádio da Ressacada

Leia mais
William é relacionado, mas não será titular no Avaí contra o Tupi

Força da Ressacada é o diferencial do Avaí neste ano; veja os números
Confira o serviço para o jogo que deve ter recorde de público na Ressacada
Veja a tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros