Criciúma volta a jogar a bem e passa pelo Tupi por 2 a 0 fora de casa - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Série B04/10/2016 | 21h06Atualizada em 04/10/2016 | 21h14

Criciúma volta a jogar a bem e passa pelo Tupi por 2 a 0 fora de casa

Roberto e Jheimy anotaram os gols da vitória carvoeira em Minas Gerais

Criciúma volta a jogar a bem e passa pelo Tupi por 2 a 0 fora de casa Felipe Couri/tupifc.esp.br
Foto: Felipe Couri / tupifc.esp.br

O Criciúma conseguiu um importante resultado na noite desta terça-feira, em Juiz de Fora, Minas Gerais. A vitória por 2 a 0 sobre o Tupi, foi a quarta conquistada longe do Heriberto Hülse na Série B e serviu também para renovar as esperanças da torcida carvoeira na luta pelo acesso à elite em 2017. O Tigre voltou a jogar bem, diferente do futebol apresentado na rodada anterior, quando acabou derrotado pelo Bahia, também fora de casa. Roberto e Jheimy anotaram os tentos do time catarinense, ambos marcados no primeiro tempo de partida. O placar levou o Tigre aos 43 pontos e manteve o rival dentro da zona de rebaixamento.

O equilíbrio do jogo aconteceu até o Criciúma chegar ao primeiro gol. E o Tigre abriu o marcador justamente na melhor chance que teve, até então, na partida. Aos 24 minutos de jogo, Niltinho recebeu na esquerda e chutou forte, obrigando o goleiro Rafael Santos a fazer boa defesa e mandar para escanteio. Após a cobrança, Roberto aproveitou o rebote da defesa para balançar as redes. Um minuto depois, mais uma grande oportunidade de gol com Caíque Valdívia. Ele soltou uma bomba de fora de área, mas o arqueiro adversário conseguiu impedir.

O Tupi sentiu o gol por alguns minutos, enquanto o Tigre cresceu e continuou a ir para cima. O time mineiro ainda tentou chegar em duas oportunidades, mas todas elas esbarraram em grandes defesas do goleiro Luiz, a melhor delas aos 39, quando Giancarlo subiu para cabecear certeiro, na cara do goleiro, que não deixou entrar. Luiz, mais uma vez, foi um dos destaques da equipe carvoeira.

E foi dos pés do goleiro tricolor que o segundo gol começou a ser desenhado. Após fazer boa reposição, Jheimy aproveitou a sobra para tocar na saída do goleiro Rafael e ampliar aos 41 minutos, com direito a dedicatória para mulher e para a sogra.

Tigre mantém pegada no segundo tempo

O Criciúma voltou ligado para a etapa final da partida, continuou criando as melhores oportunidades e aos 12 quase ampliou novamente com Jheimy. O atacante subiu sozinho para cabecear, mas mandou para fora. Dois minutos depois, Jheimy sofreu falta na entrada da área, Thiago Humberto cobrou rasteiro, por baixo da barreira, a bola chegou a desviar, mas o goleiro Rafael ficou com a bola.

Próximos jogos

Na sexta-feira, o Tigre volta ao Heriberto Hülse contra o Vila Nova, às 20h30min. O Tupi só joga no domingo, às 19h30min, diante do Bahia, que perdeu para o Londrina nesta terça-feira por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

TUPI (0)
Rafael Santos; Henrique, Rodolfo, Thiago Sales, Luiz Paulo, Renan, Marcos Serrato (Ygor), Pedrinho, Hiroshi, Jonathan (Yago) e Giancarlo (Thiago Espíndula)

Técnico: Ricardinho

CRICIÚMA (2)
Luiz; Paulo Cezar Magalhães, Raphael Silva, Diego Giaretta, Niltinho, Barreto, Douglas Moreira, Thiago Humberto (Alex Maranhão), Caique Valdívia, Roberto (Clayton) e Jheimy (Pitbull)

Técnico: Roberto Cavalo

Gols: Roberto, aos 24 do 1º tempo (C); Jheimy, aos 41 minutos do 1º tempo (C)
Cartão amarelo: Hiroshi (T)

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (PE), auxiliado por Marcelino Castro de Nazare (PE) e Gilberto Freire de Farias (PE)
Local: Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)

Público total: 666
Renda: R$ 1.800,00

Leia outras notícias sobre o Criciúma
Veja a tabela da Série B


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros