Guga mostra pela primeira vez ao público seu cão labrador Medalha - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Esporte12/10/2016 | 19h18Atualizada em 12/10/2016 | 20h22

Guga mostra pela primeira vez ao público seu cão labrador Medalha

Cachorro presenteado por Luciano Huck esteve nesta quarta-feira na Semana Guga Kuerten, em Florianópolis

Guga mostra pela primeira vez ao público seu cão labrador Medalha Leo Munhoz/Agencia RBS
Guga com o filho Luiz Felipe (cabelo loiro) e o labrador Medalha Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Com quatro meses, o cão labrador Medalha tem uma intimidade com a bolinha de tênis que seu dono levou mais tempo para conseguir. Como se estivesse em quadra, movimenta-se de um lado para o outro, atrai olhares, cansa, bebe água. O pequeno cachorro, que tem o nome em alusão aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, foi um presente do apresentador Luciano Huck para Guga. Apelidado de "labrador humano" durante a Olimpíada, o manezinho da Ilha mostrou Medalha ao público pela primeira vez na tarde desta quarta-feira, na Semana Guga Kuerten, no Jurerê Sports, em Florianópolis.

As semelhanças entre o labrador e o dono não se restringem à paixão de ambos pela bolinha de tênis. Guga, o labrador humano, atende um a um, tira fotos, ganha abraços. Medalha, o labrador animal, brinca, lambe a câmera, deita para receber carinho. Na casa do tenista, o pequeno cachorro passou a ser o xodó. Faz a alegria de Maria Augusta e Luiz Felipe, os filhos de Guga com a esposa, Mariana Soncini. Nesta quarta, o tenista somente conseguiu ficar tranquilo quando viu Luiz Felipe brincar com Medalha:

— Ele adora o Medalha. Quando brincam fica todo sujo de areia — contou sorridente.

Mas os primeiros dias do filhote na casa dos Kuerten não foi só de alegria. Guga conta que o cão roeu alguns móveis:

— Luciano, vem me visitar e já manda um marceneiro e um encanador — brincou Guga em recado para o apresentador da Globo que o presenteou.

Guga foi cercado por jovens tenistas Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Medalha foi adestrado. Mas como ainda é um filhote, não segue a todos os pedidos à risca. Quando Guga diz "senta", ele obedece. Mas é só o tenista ficar desatento que o labrador corre atrás de outra bolinha. Nos primeiros dias na casa do tenista, além da destruição material, precisou se acostumar com os pequenos. Agora, treinado e um pouco maior, já se adaptou. Tem como companheiro em casa o Shrek, um Schnauzer gigante que já fazia parte da família.

Durante a brincadeira, até mesmo a mãe do tenista, Alice Kuerten, tentou brincar com o cachorro. Mas ele só queria saber da bola amarela, que se multiplicava com a quantidade de jovens tenistas espalhados pela área do Jurerê Sports. Depois de correr, brincar e interagir, os dois labradores tiveram que se separar, pelo menos até voltarem para casa. Guga foi para o próximo compromisso, Medalha para a próxima bolinha.

Bate-papo com as crianças

No dia das crianças, Guga, o irmão Rafael e a mãe Alice ficaram por quase horas conversando com pais e crianças e adolescentes participantes da Semana Guga. Os três responderam perguntas sobre a história do tenista e a trajetória da família. Guga relembrou o início da carreira, a importância das metas e recomendou:

— A gente tem que ter sonhos. No começo, perdi muitos torneios na primeira rodada, mas continuei.

O evento em Jurerê prossegue até domingo com as oficinas de tênis e o torneio para crianças e adolescentes.

Leia mais:

Copa Guga Kuerten vira casa das promessas do tênis nacional
Tropa de elite do tênis paralímpico chega a Floripa para a Copa Guga


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros