Figueirense se despede da torcida com vitória sobre o Fluminense - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

No Orlando Scarpelli27/11/2016 | 21h19Atualizada em 27/11/2016 | 21h27

Figueirense se despede da torcida com vitória sobre o Fluminense

Placar foi de 1 a 0 com gol anotado pelo zagueiro Marquinhos

Figueirense se despede da torcida com vitória sobre o Fluminense Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

O resultado da vitória do Figueirense por 1 a 0 sobre o Fluminense, neste domingo, no Estádio Orlando Scarpelli, não servirá para mudar o destino do Alvinegro no Campeonato Brasileiro, que já está rebaixado à Série B de 2017. O triunfo sobre o time carioca foi mais para o time se despedir da torcida como uma imagem um pouco menos arranhada, se é que é possível. O zagueiro Marquinhos foi o autor do único gol da partida, marcado ainda na primeira etapa.

Há nove rodadas que o time da Capital não vencia no torneio. O último jogo do ano será contra o Sport, domingo que vem, às 17h, em Recife. Com a derrota, o Fluminense soma nove partidas sem vencer, na 12ª posição na tabela de classificação, com 49 pontos, 12 a mais que o Figueirense, 18º colocado.

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

O técnico Marquinhos Santos escalou o time alvinegro com três zagueiros. Como na semana passada o clube dispensou sete jogadores, alguns considerados titulares, havia a expectativa de mais caras novas começando a partida. Entre as novidades, Dudu, Yago e Matheusinho. Pela lateral direita, Dudu transitou bem pela marcação do tricolor carioca, que não estava em uma noite nada inspirada.

Quase gol relâmpago

Logo que a bola rolou, um cochilo da zaga do Fluminense. Lins quase chegou ao gol com 10 segundos de partida. O Flu só teve uma conclusão com Cícero, aos 13 minutos. Ele arriscou de fora da área, pegou forte na bola, mas Gatito Fernández conseguiu defender em dois tempos. O Figueirense mais solto em campo, tocando mais a bola e o Flu com um pouco de dificuldade de acertar a marcação.

Melhor em campo, o Figueira chegou ao gol aos 18 minutos. Após cobrança de falta de Marquinhos Pedroso, o zagueiro e capitão Marquinhos subiu para mandar de cabeça para o findo das redes do goleiro Júlio César. Este foi o primeiro gol de Marquinhos pelo Furacão na Série A deste ano.

- Esses dois jogos são pela honra, para defender as cores do clube. Infelizmente chegamos nessas duas últimas rodadas sem chances da permanência. Mas é nossa profissão, temos que dar o máximo aqui dentro - disse o autor do gol do Furacão.

O triunfo conquistado em Florianópolis foi o segundo do técnico Marquinhos Santos no comando do Figueirense. Antes de vencer o Flu, Marquinhos só havia vencido o Santa Cruz. Até esta rodada foram 11 jogos, seis derrotas e três empates.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE (1)
Gatito Fernández;, Dudu (Jefferson), Marquinhos, Werley, Bruno Alves, Marquinhos Pedroso, Renato (João Pedro), Yago, Matheusinho, Lins (Ferrugem) e Rafael Moura

Técnico: Marquinhos Santos

FLUMINENSE (0)
Júlio César; Igor Julião, Nogueira, Henrique, Giovanni, Pierre (Maranhão), Cícero, Danilinho (Pedro), Wellington, Richarlison (Dudu) e Henrique Dourado

Técnico: Marcão

Gol: Marquinhos, aos 18 minutos do 1º tempo (FIG)
Cartões amarelos: Yago, Bruno Alves, Lins (FIG); Pierre, Cícero, Igor Julião (FLU)

Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves Lima, auxiliado por Leirson Peng Martins e Maurício Coelho Silva Pena (trio do RS)

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis

Público: 1.910
Renda: R$ 21.870

Leia mais:
Após rebaixamento, sete jogadores são dispensados do Figueirense
Confira a tabela da Série A
Leia mais notícias sobre o Figueirense


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros