Instituto Geral de Perícias de SC envia profissional a Medellín para ajudar nas identificações - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Desastre aéreo29/11/2016 | 20h03Atualizada em 29/11/2016 | 20h14

Instituto Geral de Perícias de SC envia profissional a Medellín para ajudar nas identificações

Servidor levou prontuários do Estado com as impressões digitais das vítimas para auxiliar na liberação dos corpos.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) de Santa Catarina enviou na tarde desta terça-feira um profissional para a Colômbia a fim de auxiliar nas perícias e na identificação dos corpos dos passageiros do avião da Chapecoense que caiu na Colômbia.

O necropapiloscopista Ruy Fernando Garcia, que tem vasta experiência na área, irá trabalhar por meio da comparação das impressões digitais. Ele levou os prontuários de identificação das vítimas do Estado, em Florianópolis, com a expectativa de ajudar nos trabalhos de liberação dos corpos.

— Ele é especializado no tratamento dos tecidos cadavéricos para a coleta das impressões e vai ajudar diretamente na identificação dos corpos. É um momento de solidariedade onde todos os órgãos do Estado estão de prontidão — afirmou o diretor geral do IGP, Miguel Colzani, por meio da assessoria.

Ruy embarcou para São Paulo em um avião com mais representantes do governo do Estado. A expectativa é chegar a Medellín na madrugada de quarta-feira.

Além dele, viajou a Colômbia no mesmo avião o secretário executivo de Assuntos Internacionais de Santa Catarina, Carlos Adauto Virmond Vieira, que representará o governador Raimundo Colombo. O diretor de economia internacional da secretaria de Assuntos Internacionais, Guilherme Marques, também deverá seguir para Medellín com o objetivo de dar suporte técnico.

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros