Nacional pede que Chapecoense seja declarada campeã da Sul-Americana - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Grandeza29/11/2016 | 14h16Atualizada em 29/11/2016 | 17h05

Nacional pede que Chapecoense seja declarada campeã da Sul-Americana

Clube colombiano seria o rival dos catarinenses na decisão

Nacional pede que Chapecoense seja declarada campeã da Sul-Americana Raul ARBOLEDA/Afp
Foto: Raul ARBOLEDA / Afp
ZH Esportes
ZH Esportes

Um rumor que havia tomado conta das redes sociais durante a manhã, na sequência da tragédia com a Chapecoense, foi confirmado pelo Nacional-COL na tarde desta terça-feira. Através do seu site oficial, a direção do clube colombiano informou que vai solicitar à Conmebol que declare a Chape campeã da Copa Sul-Americana 2016. Os dois times começariam a disputa da decisão nesta quarta, em Medellín. 

Em vídeo, à tarde, o presidente do clube colombiano, Juan Carlos de la Cuesta, reafirmou os termos da nota do site em um depoimento emocionado.

Os colombianos mostraram sua solidariedade desde os primeiros momentos do acidente. Juan Carlos de la Cuesta, presidente do Nacional, esteve no hospital para ajudar as vítimas da Chape. Pelo Twitter, o clube também convocou sua torcida para que compareça ao estádio Atanásio Girardot nesta quarta, no horário do jogo, vestidos de branco e com uma vela para uma manifestação em homenagem à Chapecoense.

Leia mais:
Goleiro Danilo não resiste a ferimentos e morre após acidente
VÍDEO: Chapecoense divulga imagens de festa da equipe após classificação
Em comunicado, FOX Sports lamenta tragédia com equipe de jornalismo da emissora

Confira a nota oficial do Nacional:

"Atlético Nacional solicita à Conmebol que o título da Sul-Americana seja entregue à Chapecoense

A dor embarga profundamente os nossos corações e invade nossos pensamentos com luto. Tem sido horas lamentáveis, estas em que estamos consternados com uma notícia que nunca queríamos haver escutado. O acidente dos nossos irmãos de futebol da Chapecoense nos marcará por toda a vida e, desde já, deixará uma marca impossível de apagar no futebol latinoamericano e mundial. Tudo foi completamente inesperado e, por isso, a dor. Se tratavam todos, jogadores, corpo técnico, jornalistas e tripulação, de pessoas com muitos sonhos, e por isso o choro.

O lamento mundial se extende à família verdolaga, que junto com seus patrocinadores, sua direção, seu corpo técnico, jogadores, parte administrativa e torcida, manifestou seu desconsolo e a surpresa com o absurdo. A solidariedade não se fez esperar e, de nossa parte, acompanhamos o padecimento dos irmãos que nos abandonaram, que, junto dos seus familiares e de nós, compartiam o sonho de ser campeões continentais da Copa Sul-Americana.

Além da preocupação com a parte humana, pensamos também no aspecto competitivo, e queremos publicar este comunicado em que Atlético Nacional convida a Conmebol a que o título da Copa Sul-Americana seja entregue à Associação Chapecoense de Futebol, como prêmio de honra pela grande perda e em homenagem póstuma às vítimas do acidente fatal que enlutam nosso esporte. Da nossa parte, e para sempre, Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana de 2016."


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros