Rodrigo Faraco: as pessoas fazem a diferença no futebol e na Chapecoense - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Profissionais25/11/2016 | 12h55Atualizada em 25/11/2016 | 12h55

Rodrigo Faraco: as pessoas fazem a diferença no futebol e na Chapecoense

Rodrigo Faraco: as pessoas fazem a diferença no futebol e na Chapecoense Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

Não é o estádio, o CT, a academia de musculação, o software que analisa o desempenho dos atletas, não é a bola ou o gramado. Tudo isto é importante. São as ferramentas que ajudam a fazer melhor. A Chapecoense cresce por causa das pessoas que fazem o clube. Quer comprometimento dos jogadores? Faça entender que o lugar é sério, exige respeito e profissionalismo. São ações, são atitudes no dia a dia.

Onde há comando, há respeito. Onde há credibilidade e transparência, há compromisso. Não basta falar que vai fazer, vender uma ideia pública. É a ação que faz tornar realidade e que traz reconhecimento público e resultado prático. A diretoria da Chape é uma das mais sérias e competentes do país. São as pessoas que fazem e fizeram a Chapecoense chegar aonde chegou agora. E merece todo o reconhecimento.

Leia também
Conmebol esclarece: Chapecoense na Libertadores via Sul-Americana só se for campeã do torneio
Goleiro da Chapecoense fala sobre lance decisivo contra o San Lorenzo: "Sorte"
Caio Júnior se emociona com torcedores da Chapecoense

/b>

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros