Atlético acha que pode reverter goleada e conquistar o amador de Florianópolis - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

PRIMEIRA DIVISÃO16/12/2016 | 18h08Atualizada em 16/12/2016 | 18h13

Atlético acha que pode reverter goleada e conquistar o amador de Florianópolis

Decisão é neste sábado no campo da Gruta, e time da Trindade precisa fazer três gols de diferença; campeonato está sub judice 

Atlético acha que pode reverter goleada e conquistar o amador de Florianópolis José Tiago Albuquerque/Divulgação
Náutico (branco) e Atlético Catarinense, pela Primeira Divisão de Florianópolis Foto: José Tiago Albuquerque / Divulgação

A grande final do campeonato de futebol amador de Florianópolis acontece às 16h30 deste sábado no campo da Gruta, no bairro da Trindade quando o Atlético Catarinense recebe a equipe do Náutico. E os donos da casa terão a difícil tarefa de reverter a goleada de 3x0 sofrida no jogo da ida, em Santo Antônio de Lisboa.

O presidente do clube, Sergio Machado, o Galinha, se agarra nos resultados da semifinal, quando a equipe se classificou após levar 2x0 do Campinas.

— Eu falei aqui para os torcedores que a gente perdeu do Campinas de 2 a 0 e depois metemos 5 a 0 ao natural neles. Então pela lógica, dá pra chegar porque o nosso time é bom. Eu estou confiante — acredita o presidente.

Para isso, Galinha está convocando a torcida para o jogo deste sábado. Ele contratou inclusive um carro de som para circular pelas ruas da Trindade informando da partida. A confiança do presidente do time também se dá pela volta de três desfalques, e o fato de o campo da Gruta ser pequeno favorece a equipe, que joga futebol sete.

"Eles podem ser tri vices"

Apesar da grande vantagem, o treinador do Náutico, Gabriel Lemos, o Gabi, acredita que o jogo será uma verdadeira "guerra".

— A gente espera uma guerra até porque sabemos da força que eles têm no campo deles, então vamos com muito respeito. A gente treinou durante toda a semana e esperamos sucesso — disse o técnico do time.

Gabi lembra que o último título do Náutico da primeira divisão foi em 2011, justamente contra o Atlético Catarinense. Na época, ele era o capitão do time. Por isso a expectativa é grande em ser campeão tanto como jogador como treinador.

Em 2009, quando o Náutico foi campeão da terceira divisão, o adversário era o Atlético Catarinense. No ano seguinte, quando o time conquistou a segundona, também foi contra o mesmo time. Gabi brinca que Atlético pode ser "tri vice" do Náutico.

Campeonato está sub judice
As finais acontecem com um mês de atraso, devido a uma irregularidade do Grêmio Cachoeira. O time do Norte da Ilha perdeu a vaga na decisão por ter escalado um jogador irregular. Recorreram na Liga, no Tribunal de Justiça Desportiva de SC, onde perderam. Agora a ação está no STJD, que deve julgar o recurso em janeiro ou fevereiro. O Grêmio havia solicitando no STJD também suspender a final, o que não foi concedido. O presidente da Liga, Manoel de Paula Machado, o Dequinha, explica que por essa razão, o campeonato não vai ser homologado, vai ficar sub judice.

— A gente não sabe o que vai acontecer, mas foi unanimidade na Liga e no TJD. Só se eles apresentarem fatos novos para saírem vitoriosos.

1ª Divisão - 2016
Final
Atlético Catarinense X Náutico FC
Estádio: Campo da Gruta
Dia: 17/12/2016, às 16h30min
Delegado:Rodrigo Cruz
Árbitro:Filipe de Souza
Assistente 1: Renato Erdmann
Assistente 2: Carlos André Inácio
4º árbitro: Paulo Sérgio Valdir Martins

 
 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros