Henzel fala que clima era feliz dentro do avião e que não houve desespero - Esportes - Hora de Santa Catarina

Chapecoense24/12/2016 | 19h35Atualizada em 24/12/2016 | 19h35

Henzel fala que clima era feliz dentro do avião e que não houve desespero

Em vídeo publicado no Facebook, jornalista detalha momentos antes do acidente: "Pensei que os motores iam ser religados"

Henzel fala que clima era feliz dentro do avião e que não houve desespero Reprodução/Facebook
Rafael Henzel fez transmissão ao vivo em sua página no Facebook neste sábado. Foto: Reprodução / Facebook

Em uma transmissão ao vivo por meio de sua  página no Facebook, o jornalista Rafael Henzel, um dos seis sobreviventes da tragédia com o voo da Chapecoense que deixou 71 mortos em novembro, afirmou que não houve gritaria ou desespero nos momentos que antecederam o acidente.

— Todo mundo estava muito feliz dentro da aeronave. Houve uma informação de que houve uma gritaria, um desespero, não houve absolutamente nada disso. Simplesmente os motores desligaram, a energia acabou e pensei que os motores seriam religados. O avião foi planando - disse Henzel

Ele também lembrou que foi o penúltimo a ser resgatado e que passou horas no local do acidente. 

— Não sei se fiquei cinco horas, seis horas. Só sei que algo me despertou porque estavam chegando algumas pessoas com luzes e eu lembro que comecei a chamar por elas. O pessoal do resgate não estava ali naquele momento. Eram pessoas com lanternas - relatou.

Rafael se emocionou ao lembrar do acidente e  disse que sua sobrevivência foi um milagre. Ele agradeceu aos médicos que trabalharam para a recuperação dos sobreviventes e aos colombianos:

— Não sei se tem algum colombiano (vendo o vídeo), mas vocês foram demais! - disse.

O jornalista ainda fez um apelo aos motoristas, especialmente durante o período de festas:

— Queria pedir muita atenção nas estradas, a gente sobreviveu a um acidente aéreo e fica ouvindo que cinco pessoas morreram num acidente numa estrada próxima ao Rio Grande do Sul. Parece que a vida não tem valor. A gente tem que vibrar com a nossa vida.

Leia também:

"Em primeiro lugar estão as famílias", diz presidente que tem missão de reconstruir a Chape
Cirurgia no tornozelo de Follmann é adiada devido a tratamento
"Estou feliz por estar vivo, mas perdi muitos amigos", diz Neto, antes de deixar hospital em Chapecó
São Paulo arrecada R$ 148 mil para as famílias das vítimas da tragédia da Chapecoense

 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCMário Motta: Camerata Florianópolis faz apresentação especial para a comunidade do Monte Cristo… https://t.co/6G6n5cYwMxhá 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCRodrigo Faraco: "Encontro deste domingo vale um campeonato para o Avaí" https://t.co/aOlgHhJEB8 https://t.co/glvqm86Xqdhá 2 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros