Neto não se recorda de acidente da Chapecoense e pergunta sobre final  - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Chapecoense11/12/2016 | 11h52Atualizada em 11/12/2016 | 11h52

Neto não se recorda de acidente da Chapecoense e pergunta sobre final 

Acordado, jogador questionou sobre partida contra o Atlético Nacional 

Neto não se recorda de acidente da Chapecoense e pergunta sobre final  Cleberson Silva/Chapecoense,Divulgação
Foto: Cleberson Silva / Chapecoense,Divulgação

O zagueiro Neto, um dos sobreviventes da queda do voo da Chapecoense, não se recorda da queda do avião na Colômbia. Conversando e respirando sem aparelhos, o jogador questionou sobre a final da Sul-Americana, segundo o Jornal Nacional

Na noite deste sábado, o jornal revelou que o atleta perguntou várias vezes aos médicos como foi a partida contra o Atlético Nacional e o que aconteceu durante o jogo para provocar todos os ferimentos que teve.

De acordo com Carlos Mendonça, médico da Chapecoense que acompanha o tratamento com os quatro sobreviventes em Medellín, há uma orientação dos psicólogos para evitar contar ao zagueiro tudo o que ocorreu.

– Tem uma recomendação da psicóloga para não se dizer ainda para evitar um choque emocional que seria prejudicial para a atual recuperação clínica nesse momento. A gente está aguardando até uma opinião mais avalizada, que é a da psicóloga – disse Carlos Mendonça, médico da Chapecoense.

Em coletiva neste sábado, a equipe médica do hospital San Vicente Fundacion de Rionegro atualizou as informações sobre a situação dos quatro brasileiros sobreviventes do desastre aéreo da Chapecoense na Colômbia, que estão internados no local.

A principal notícia é de que a amputação da perna do goleiro Jackson Follmann não deve mais ser ampliada, como chegou a ser discutido na última semana. Já o jornalista Rafael Henzel, um dos sobreviventes do desastre aéreo da Chapecoense, na Colômbia, foi para o quarto do hospital.

De acordo com Ferney Rodríguez, diretor médico do hospital, a infecção pulmonar está sendo controlada e a fratura no pé direito evolui bem.

Alan Rushell também continua a responder positivamente ao tratamento médico. Ele já se alimenta bem e está apenas controlando com antibióticos uma infecção urinária sem maior gravidade. Deve voltar para seguir o tratamento no Brasil nos próximos dias, com data exata ainda a ser definida.

A situação mais preocupante ainda é a de Neto, embora ele tenha também apresentado melhora. Os médicos fizeram uma ventilação mecânica não invasiva, melhorando o quadro do pulmão do zagueiro — mas que ainda é crítico. Os médicos avaliaram que as próximas 24 horas são decisivas para o tratamento e se mostraram otimistas quando à evolução do atleta.

Leia também:

VÍDEO: jornalista vai para o quarto do hospital e grava mensagem de agradecimento

MPF instaura inquérito civil para investigar causas do acidente 

Servidora denuncia pressão para alterar o relatório de voo

Vagner Mancini será o técnico da Chapecoense

 
 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros