Rodrigo Faraco: dinheiro do Avaí sai apenas após o Natal - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Negócio22/12/2016 | 08h11Atualizada em 22/12/2016 | 08h11

Rodrigo Faraco: dinheiro do Avaí sai apenas após o Natal

Jogadores e funcionários esperam ainda pelo 13º

Rodrigo Faraco: dinheiro do Avaí sai apenas após o Natal Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

A semana está sendo agitada nos bastidores avaianos. Tudo por conta da expectativa dos jogadores e funcionários pelos pagamentos. Acontece que a grana só vai cair na conta do clube no dia 27, próxima terça, o que tem gerado uma angústia geral. Principalmente pelos compromissos de todos e pelas festas de final de ano.

Ontem recebi, através de algumas mensagens, a tradução desta angústia. É sempre assim: quando as reclamações chegam à imprensa é porque a situação não está boa. Por mais que o Avaí esteja se esforçando para trazer recursos e para criar uma nova imagem no mercado, enquanto não colocar a casa em ordem não vai conseguir contratar e até renovar alguns atletas. Outra questão que ficou pra depois foi a premiação do acesso. A previsão é o final do mês de janeiro.

Dodô na Chape

Ele foi uma das maiores decepções no Figueirense este ano. No início da temporada o meia Dodô chegou com a missão de substituir Clayton. Ganhou até a camisa 7, que era de Clayton, numa referência clara à missão que tinha. Mas teve alguns lampejos de bom futebol, que todos que acompanham o futebol mais de perto sabem que ele tem. Dodô vai ter uma nova chance de comprovar que não é uma daquelas promessas de categoria de base que quando chega ao profissional não vinga.

Pelas condições que oferece e pelo trabalho sério, a Chapecoense tem transformado carreiras de jogadores experientes e lançado jovem de outros clubes nos últimos anos.Se ele for a Chapecó com uma mentalidade diferente da que teve no Scarpelli pode mudar essa história recente. Está recebendo uma nova oportunidade e pode mostrar que o que estava errado era o grupo do Figueirense, que acabou rebaixado, e não ele, com seu desempenho fraco neste 2016. Sigo afirmando que Dodô é ótimo jogador, apesar da preguiça e até do sono em que se manteve nesta temporada.

Leia mais comentários de Rodrigo Faraco


 
 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros