Voo da Colômbia que leva corpos de vítimas até Chapecó deve durar 12 horas - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Direto de Medellín01/12/2016 | 18h34Atualizada em 02/12/2016 | 07h27

Voo da Colômbia que leva corpos de vítimas até Chapecó deve durar 12 horas

Velório coletivo está previsto para a manhã de sábado, na Arena Condá

Voo da Colômbia que leva corpos de vítimas até Chapecó deve durar 12 horas Mateus Bruxel/Agencia RBS
Arena Condá está sendo preparada para o velório coletivo Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

* Das 18h34min até as 22h53min desta sexta-feira, este site informou equivocadamente que a informação sobre a chegada dos corpos das vítima em Chapecó foi confirmada pelo ministro de Relações Exteriores do Brasil, José Serra. Na verdade, quem passou a informação foi o embaixador brasileiro na Colômbia, Julio Bitelli. O texto foi corrigido.

A expectativa das autoridades colombianas é de que os corpos das vítimas do desastre aéreo com a delegação da Chapecoense na Colômbia sejam liberados às 16h de sexta-feira no horário local (19h de Brasília), em um voo que deve demorar 12 horas até Chapecó. A informação foi confirmada pelo embaixador brasileiro na Colômbia, Julio Bitelli, em coletiva nesta quinta-feira, em Medellín.

O chanceler brasileiro comentou que a liberação ocorre de forma mais lenta do que o previsto inicialmente por se tratar de um procedimento que envolve dezenas de vítimas e tem várias etapas, o que resultou em imprevistos. Até o fim da tarde desta quinta, no horário da Colômbia, 31 corpos tinham sido liberados pelo IML para as funerárias, entre brasileiros, bolivianos, paraguaio e venezuelana.

— As autoridades colombianas trabalharam com expectativas muito otimistas de liberação dos corpos, o que não se confirmou — afirmou.

Na sexta, sairão três aviões da Força Aérea Brasileira de Medellín, em horários próximos, em direção a Chapecó. Eles farão uma parada técnica em Manaus (AM) para reabastecimento. Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), o tempo mínimo estimado para o embarque dos corpos é de duas horas.

Quanto ao horário da saída dos voos em direção ao Brasil, Bitelli destacou que é preciso "prudência" e que "não se descarta que novos imprevistos aconteçam". Os corpos de alguns jornalistas irão em voos separados, fretados pelas empresas em que eles trabalhavam, que vão direto para outros destinos, sem passar por Chapecó.

Também estava sendo organizada pelas autoridades locais uma carreata fúnebre como mais uma homenagem do povo colombiano às vítimas, acompanhando o cortejo até o aeroporto. Ainda não está confirmado se isso acontecerá com a mudança de planejamento, mas já é certo que haverá uma pequena cerimônia no momento do embarque dos corpos.

Leia também:

Aeronáutica colombiana afirma que avião caiu sem combustível

O perfil das vítimas e sobreviventes do acidente da Chapecoense

Jovens da base viram peças chave na reconstrução da Chapecoense

Cem mil pessoas são esperadas para velório coletivo na Arena Condá

Medellín faz reverência histórica e inesquecível à Chapecoense em noite de homenagens na Colômbia

Noite de homenagens na Arena Condá tem arquibancadas lotadas e festa digna de título em Chapecó

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros