Atacante da Chapecoense fala do desejo em marcar seu primeiro gol diante do Tubarão - Esportes - Hora de Santa Catarina

Bola na rede31/01/2017 | 15h41Atualizada em 31/01/2017 | 15h41

Atacante da Chapecoense fala do desejo em marcar seu primeiro gol diante do Tubarão

Elogiado na primeira rodada, Rossi agora quer balançar a rede

Atacante da Chapecoense fala do desejo em marcar seu primeiro gol diante do Tubarão Sirli Freitas/Chapecoense
Foto: Sirli Freitas / Chapecoense
Luiz Barp - especial

Com uma boa atuação nos primeiros jogos, sendo elogiado pela torcida e pelo técnico Vagner Mancini, o atacante Rossi agora espera marcar seu primeiro gol na partida contra o Tubarão na quarta-feira. Com velocidade pelas laterais, o jogador teve papel decisivo nos dois gols marcados pela Chapecoense no último domingo, pela primeira rodada do Campeonato Catarinense, mas sente que ainda falta balançar a rede.

- Já foram dois jogos, chega o terceiro, quarto sem fazer gol começo a não dormir direito, fico sem sono. Quem sabe contra o Tubarão? – brincou.

Apesar do desejo de marcar o primeiro gol pela Chape, o atleta mostra generosidade e garante que a sua expectativa pessoal é sair com a vitória pela segunda rodada do Estadual, independe de quem fizer gol.

- Pensando primeiramente na Chape e nas vitórias, o gol vai sair naturalmente – complementou.

Rossi garante que gosta de jogar como `garçom¿, servindo a bola para seus companheiros. Foi assim que o atacante fez diante do Inter de Lages, no domingo. Logo no começo da partida ele passou a bola para Niltinho, que marcou o primeiro do Verdão. No fim do primeiro tempo, puxou um contra-ataque pela lateral esquerda, virando a bola para João Pedro e Wellington Paulista marcar.

- Com o decorrer dos jogos, a gente vai se entrosando muito mais - avaliou.

Agitando a torcida dentro de campo e quando está nas redes sociais, Rossi conta que seu jeito é ser brincalhão. Segundo ele, chamar a torcida na hora da partida contagia quem está jogando, ajudando, inclusive, o time quando começar a cansar.

Questionado, o atacante de 23 anos também disse que já enxerga a Chapecoense como uma das favoritas ao título do Estadual.

- Com 20 dias de trabalho, com evolução rápida, a Chapecoense está entre as favoritas – concluiu.

Leia mais
Departamento de futebol da Chapecoense quer alternativa para paralisação de jogos em homenagens às vítimas
Torcida da Chapecoense vibra com primeira vitória do novo time na Arena Condá diante do Inter
Chapecoense começa defesa do título com vitória sobre o Inter de Lages na Arena Condá

 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCAlegria e criatividade tomam conta do Centro de Florianópolis no Bloco dos Sujos: https://t.co/WqUMhjZKEj https://t.co/tRezUxSCZPhá 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCMenino de seis anos morre em acidente na BR-282: https://t.co/8afwB6DsOl https://t.co/Fad8vvlNdUhá 2 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros