'Eles têm que achar alguém para ser culpado' - Esportes - Hora de Santa Catarina

Futebol30/01/2017 | 20h05Atualizada em 30/01/2017 | 20h05

'Eles têm que achar alguém para ser culpado'

Jhonatan ignora críticas da torcida do JEC após o empate com o Barroso e cobra mais atenção da equipe nas próximas partidas do Catarinense

'Eles têm que achar alguém para ser culpado' Divulgação/Assessoria do JEC
Camisa 1 foi apontado como culpado pelo empate em Itajaí Foto: Divulgação / Assessoria do JEC

O pós-jogo do empate entre Barroso e JEC, em Itajaí, pela primeira rodada do Campeonato Catarinense, veio acompanhado de muitas críticas por parte dos torcedores tricolores ao goleiro Jhonatan. No estádio e nas redes sociais, alguns jequeanos culparam o camisa 1 pelo placar de 2 a 2 – o Joinville vencia a partida por 2 a 1 até os 42 minutos do segundo tempo.

Logo após o duelo, Jhonatan inicialmente observou os erros coletivos. Segundo ele, houve desatenção nas bolas paradas, bobeadas que custaram o resultado ao JEC.

Confira tudo sobre o JEC e outros esportes em www.an.com.br

— A gente vem falando a semana inteira que tem que ter atenção na bola parada. E nós tomamos dois gols em bobeiras nossas, sabendo que a bola parada deles é boa e acabamos vacilando. Só foram esses dois detalhes, o time jogou bem — avaliou, em entrevista após o jogo para a Rádio 89 FM.

Logo depois, o goleiro disse que não está preocupado com as críticas da torcida. O camisa 1 garantiu estar fazendo o melhor pelo time.

— Se a torcida quiser pegar no meu pé, não tem problema. A bola passou no primeiro e no segundo pau (no primeiro gol) e isso faz parte. Dei o meu melhor, acho que fiz um bom jogo, mas, infelizmente, a vitória não veio e eles têm que achar alguém para ser o culpado. Estou trabalhando sempre, não conseguimos a vitória por detalhes — emendou.

Por fim, Jhonatan disse que se o Joinville quiser almejar grandes conquistas neste Campeonato Catarinense, terá de ser mais atento nas próximas rodadas para não desperdiçar pontos, como fez em Itajaí.

— O time que quer ser campeão, que quer chegar num lugar alto, não pode dar essas bobeiras que a gente deu — concluiu.

O goleiro e outros titulares do JEC fizeram apenas atividades regenerativas na tarde de ontem, no CT do Morro do Meio. Nesta terça pela manhã, o grupo realizará o primeiro treino do ano na Arena Joinville, palco da partida desta quarta, às 21h45, contra o Figueirense, válida pela segunda rodada do Estadual.

Tricolor terá dois desfalques

A temporada nem começou direito e o técnico Fabinho Santos terá dois problemas para a partida contra o Figueirense, nesta quarta, às 21h45, na Arena. Na verdade, estes problemas vão se estender pelas próximas rodadas do Campeonato Catarinense.

O zagueiro Danrlei, cortado dos relacionados às vésperas do jogo da semana passada, contra a Chapecoense, pela Primeira Liga, é um dos desfalques. Ele se queixou de um desconforto no músculo posterior da coxa esquerda, foi examinado e, até então, não tinha nenhuma lesão.

No entanto, após a ausência no duelo de domingo, contra o Barroso, o departamento médico decidiu fazer um novo exame, que constatou o problema. Danrlei terá de ficar duas semanas sem treinos.

Outro problema do JEC está no ataque. Titular, o atacante Bruno Batata sofreu uma fratura no quarto dedo da mão direita justamente no duelo em Itajaí.

Em razão do problema, Bruno está fora dos trabalhos pelas quatro próximas semanas. A recuperação só ocorrerá depois que o atleta passar por cirurgia no local.

Sem os dois jogadores, o técnico Fabinho Santos deve manter Henrique Mattos na defesa, ao lado de Max, e Ciro no comando do ataque.

A confirmação da escalação sairá no treino que será realizado na Arena Joinville. Existe a possibilidade de o volante Renan Teixeira, apresentado nesta segunda-feira, estar entre os relacionados para o confronto.

Nas outras posições, o comandante tricolor deve manter a mesma base que esteve no Estádio Camilo Mussi no empate por 2 a 2 com o Almirante Barroso.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Sub-20 02/01/2017 | 11h45

JEC estreia nesta terça-feira na Copinha São Paulo

Atletas da base escalados para a Copinha poderão ser aproveitados no time principal

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros