Rodrigo Faraco: Figueirense e as pressões - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Catarinense27/01/2017 | 19h35Atualizada em 27/01/2017 | 19h35

Rodrigo Faraco: Figueirense e as pressões

Time estreou mal na Primeira Liga e pega o Brusque na largada do estadual

Rodrigo Faraco: Figueirense e as pressões Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

A estreia ruim na Primeira Liga, em casa, diante do Londrina, traz de volta componente ruins ao Scarpelli para a abertura do Catarinense: a pressão e a incerteza. Volta a cobrança em cima do técnico Marquinhos Santos, que ainda não foi aceito pela torcida. Trabalhar com a tensão da derrota vai ser muito complicado pra ele. E o Figueirense vai pegar um adversário encardido. O Brusque vem firme com aquela típica postura de um grupo coeso que vem trabalhando há mais tempo que a maioria.

Leia mais comentários de Rodrigo Faraco

 
Hora de Santa Catarina
Busca