Artur Moraes consolida titularidade no gol da Chapecoense: "Estou totalmente adaptado" - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Verdão do Oeste28/02/2017 | 15h35Atualizada em 01/03/2017 | 22h30

Artur Moraes consolida titularidade no gol da Chapecoense: "Estou totalmente adaptado"

Goleiro vê equipe em evolução no padrão tático e técnico

Artur Moraes consolida titularidade no gol da Chapecoense: "Estou totalmente adaptado" Sirli Freitas,Chapecoense/Divulgação
Segurança na meta da Chapecoense Foto: Sirli Freitas,Chapecoense / Divulgação
darci debona

Consolidando o espaço de titular na meta da Chapecoense, o experiente goleiro Artur Moraes está pronto para encarar o Atlético-MG, nesta quarta-feira, na Arena Condá. O atleta faltou sobre a evolução da equipe e o reencontro com os bons resultados.

Artur admitiu o ganho de confiança após a equipe ter conquistado duas vitórias consecutivas no Estadual, mas afirma que os resultados positivos não podem abrir brecha para empolgação, já que ainda há muito caminho a percorrer. 

— Hoje a equipe já tem um padrão tático, nós sabemos o que temos de fazer dentro de campo. Mas isso ainda está muito longe do ideal. Nós temos uma ideia, estamos tentando implementar jogo a jogo — afirmou o defensor.

O goleiro falou, ainda, sobre a boa atuação da defesa alviverde nos últimos jogos, tendo sofrido apenas um gol em três partidas. Artur destacou o entrosamento que a equipe vem conquistando jogo a jogo, destacando que a tendência é de que a equipe evolua cada vez mais. 

Conforme Artur, outro ponto importante é a forma como ele e o goleiro Elias se preocupam em orientar a zaga - que é muito jovem - para que possam transmitir uma segurança maior a todos os jogadores. Segurança, principalmente, para que a equipe possa subir mais ao ataque na busca dos gols.

Além de comentar os avanços da equipe, Artur falou sobre a própria evolução. O goleiro afirmou que os 30 dias após a apresentação no Verdão foram voltados à adaptação, já que se deparou com mudanças de clima, de futebol, de treinos. 

— Hoje estou completamente adaptado, sabendo o que tenho que fazer dentro de campo, junto com os companheiros, estou muito feliz, me sentindo melhor e tenho a certeza que daqui pra frente tanto nos aspectos técnicos, físico e mental, eu vou estar melhor — garantiu. 

Ainda sobre orientar os colegas de equipe, Artur, que já jogou a Liga dos Campeões na Europa, falou sobre a experiência de disputar a Libertadores - inédita para muitos de seus companheiros. 

— Teremos que se adaptar ao estilo de jogo das equipes de cada país. Serão adversários diferentes do que enfrentamos no Catarinense e na Primeira Liga, e o importante é o jogador se adequar àquilo que a partida apresenta. Isso nos dará a condição da fazer bons resultados — pontuou.

Leia mais:

Rossi, com varicela, pode ficar fora da estreia na Libertadores

Viúvas homenageiam jogadores três meses depois do acidente

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCQueda da gasolina nas bombas depende de repasse das distribuidoras, dizem postos: https://t.co/toKCEiYd9j https://t.co/FsLce7ZpjChá 13 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCVeja a programação da Maratona Cultural, que agita o fim de semana em Florianópolis: https://t.co/I30ESwQwj0 https://t.co/zwwPAv9Vpphá 43 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca