Contra o Olimpia, Camilo pode ser decisivo e encerrar sua seca de gols - Esportes - Hora de Santa Catarina

Libertadores21/02/2017 | 13h55Atualizada em 21/02/2017 | 13h55

Contra o Olimpia, Camilo pode ser decisivo e encerrar sua seca de gols

Agora sem Montillo, camisa 10 precisa chamar a responsabilidade na criação alvinegra no Defensores del Chaco

Contra o Olimpia, Camilo pode ser decisivo e encerrar sua seca de gols Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Foto: Vitor Silva / SSPress/Botafogo
Lancepress
Lancepress

Contratados para atuarem no comando do meio-campo alvinegro, a dupla Camilo e Montillo pouco jogou junta. E não será nesta quarta-feira, contra o Olimpia, no Defensores del Chaco, pela Libertadores, que os dois principais armadores do Botafogo poderão comandar as ações ofensivas da equipe. Com o argentino fora por conta de lesão na panturrilha direita, a responsabilidade de organizar a chegada da bola no ataque será do camisa 10. E de, quem sabe, interromper uma incômoda seca de gols que atormenta Camilo no Botafogo.

A última vez que Camilo balançou as redes foi no dia 11 de setembro, em 2016, contra o Cruzeiro, no Mineirão, quando completou de primeira cruzamento de Victor Luís. Na ocasião, o Botafogo venceu o adversário por 2 a 0. Desde então, passados quase seis meses deste último tento - mais especificamente, 160 dias - o meia passa em branco suscetivamente nos jogos do Glorioso.

Desde que chegou ao clube, em junho do ano passado, Camilo marcou seis gols e deu sete assistências com a camisa alvinegra. Nesta temporada, até o momento, o meia deu apenas um passe para gol, em cruzamento de escanteio para Marcelo, no empate em 1 a 1 com o Nova Iguaçu, no Campeonato Carioca.

Com o gol fora de casa sendo tão valioso na Libertadores - se marcar no Paraguai, o Botafogo obriga o Olimpia a marcar três vezes para se classificar - a partida desta quarta é um bom momento para Camilo reencontrar as redes.

O provável Botafogo vai contar com João Paulo no meio, junto com Airton e Bruno Silva na região central do campo. Se jogar com Rodrigo Pimpão e Roger, Camilo deve atuar mais centralizado, na organização. Se Jair Ventura optar pelo esquema utilizado no Chile, contra o Colo-Colo, ele entraria mais adiantado. Agora, independente de quem será o titular ou não, muitas das chances de uma classificação do Botafogo passam pelos pés do seu camisa 10. 

 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCLaine Valgas: prefeitura atrasa pagamento do auxílio natalidade a mamães de baixa renda em Florianópolis… https://t.co/K0l9B9Tr4vhá 4 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCMário Motta: a importância do Curso Técnico em Agronegócio da rede e-Tec para o Estado https://t.co/DGdx9tBpwQ… https://t.co/Q9qjRQVe0qhá 34 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros