Fabinho procura soluções para o JEC - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Futebol24/02/2017 | 21h09

Fabinho procura soluções para o JEC

Ameaçado, técnico promove grandes mudanças para que o time volte a vencer e deixe a zona do rebaixamento

Fabinho procura soluções para o JEC Maykon Lammerhirt/Agencia RBS
Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

A escalação do JEC demonstra o tamanho da preocupação do técnico Fabinho Santos. Sob sério risco de demissão, ele decidiu mexer em todos os setores da equipe na partida deste sábado, às 19h30, contra a Chapecoense, na Arena. A ideia é encontrar um caminho para que o Tricolor volte a vencer no Campeonato Catarinense e deixe a zona do rebaixamento o mais breve possível.

As mudanças vão da defesa ao ataque. Danrlei será deslocado do meio da zaga para a lateral direita. Na sua vaga, volta Henrique Mattos, que perdeu espaço em Lages. Na lateral esquerda, Gustavo ganha um lugar, já que Alex Ruan será adiantado para a ponta esquerda. Na articulação, Aldair atuará sozinho, sem a presença de Lúcio Flávio, que irá para o banco de reservas. No comando do ataque, o jovem Marlyson, autor do gol em Lages, ganha a titularidade que pertencia a Ciro.

Leia as últimas notícias sobre o Joinville Esporte Clube no AN.com.br
Confira a tabela completa e a classificação do Campeonato Catarinense

Segundo Fabinho Santos, as trocas tentam corrigir o problema da organização da equipe, que, segundo ele, esteve bem abaixo do ideal na última rodada, em Lages.

— A gente conversou e tivemos um treino para tentar corrigir algumas coisas que ficaram muito evidentes em relação à organização. Costumo falar que um time bem organizado não toma gol com facilidade e vai dar mais trabalho aos adversários e é isso que estamos buscando.

Além da organização, Fabinho também procura a paz. Entende as queixas do torcedor, a pressão que pode ocasionar a sua demissão, mas garante não se abalar apesar de todo o ambiente negativo que o cerca.

— Eu imagino a tristeza de alguns torcedores. A gente também está sofrendo muito. E é normal que quando os resultados não acontecem, essas coisas (pressão) comecem a aparecer. A gente tem que tratar com naturalidade. Infelizmente, eu sabia deste risco, mas espero ter o tempo necessário para fazer este time produzir e voltar a vencer.

Nono colocado no Campeonato Catarinense, o JEC soma apenas seis pontos em sete rodadas – uma vitória, três empates e três derrotas. Se ganhar neste sábado, o Tricolor pode deixar a zona do rebaixamento desde que Metropolitano e Barroso tropecem na rodada diante de Criciúma e Avaí, respectivamente.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Futebol 21/02/2017 | 21h19

Pelo fim da insatisfação no JEC

Nono colocado, Tricolor tenta vencer o Inter de Lages para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Catarinense

Futebol 05/02/2017 | 19h06

Mais eficiente, Criciúma derrota o JEC

Clássico no Estádio Heriberto Hülse contou com gol solitário de Jheimy, no primeiro tempo

 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCAlesc pede reconsideração ao TCE/SC em caso de edital suspenso para contratação de terceirizados… https://t.co/Bo5TvumMGZhá 9 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCSaiba como conversar com você mesmo no WhatsApp https://t.co/sMTVZu128R #Whatsapp #HoraSC https://t.co/pljvosxjU5há 10 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros