Flamengo faz ações para sócios em Brasília e diretor exalta: "É um clube nacional" - Esportes - Hora de Santa Catarina

Marketing09/02/2017 | 12h22Atualizada em 09/02/2017 | 12h22

Flamengo faz ações para sócios em Brasília e diretor exalta: "É um clube nacional"

Partida contra o Grêmio, pela Primeira Liga, em Brasília, serviu também para a campanha de novos associados dos cariocas

Flamengo faz ações para sócios em Brasília e diretor exalta: "É um clube nacional" Francisco Stuckert/Raw Imagens/Lancepress
Foto: Francisco Stuckert / Raw Imagens/Lancepress
Lancepress
Lancepress

O Flamengo realizou ações para sócios-torcedores de Brasília, onde venceu por 2 a 0 o Grêmio, no Mané Garrincha, pela rodada inicial da Primeira Liga. Mais de 100 pessoas foram beneficiadas pelas ações do Programa Nação Rubro-Negra.

Foram abertas dez vagas para recepcionar a delegação rubro-negra no hotel na última terça-feira, 80 trocas de pontos por ingressos duplos, 15 vagas para o Match Day, que é um tour nos bastidores do estádio no dia do jogo (com direito a ingressos duplos), e cinco para inscrever crianças para entrarem em campo com o time (também com dois ingressos incluídos).

- O Flamengo é um clube nacional, que conta com sócios-torcedores em todos os estados do Brasil, e sempre buscamos levar essas experiências para todas as praças onde jogamos - disse o diretor de marketing do Flamengo, Bruno Spindel.

O Flamengo atualmente conta com 76.787 sócios-torcedores e ocupa o sexto lugar do Torcedômetro, ranking nacional do Movimento por um Futebol Melhor.

Além de ajudarem o clube e participarem de ações exclusivas, os sócios também aproveitam descontos e benefícios oferecidos pelo Movimento por um Futebol Melhor. As empresas parceiras são: Ambev (Brahma), Empório da Cerveja, Chopp Brahma Express, Unilever, Sky, Pepsico, Premiere, Centauro.com.br, Rede de Hotéis Arco, Méliuz e Bic.

Desde 2013, o Movimento concedeu mais de R$ 80 milhões em descontos aos sócios-torcedores dos 74 clubes participantes, que somam 1,2 milhão de inscritos e contribui para uma receita estimada de R$ 400 milhões/ano no futebol com os programas.

 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCDrone dos bombeiros ajuda a localizar e resgatar surfista à deriva na costa de Florianópolis https://t.co/MMhqEypEvm https://t.co/3oqfSKvlxohá 28 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCCrianças, gestantes e professores devem se vacinar contra gripe a partir desta segunda em SC https://t.co/hfEbYiWGPA https://t.co/79Kk7mpapVhá 58 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros