Metropolitano e Brusque fazem clássico do Vale domingo, no Sesi - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Catarinense 201704/02/2017 | 11h02

Metropolitano e Brusque fazem clássico do Vale domingo, no Sesi

Pressionados por derrotas na quinta-feira, equipes de Vale buscam a reabilitação em jogo válido pela 3ª rodada do turno do Estadual, às 17h, em Blumenau

Metropolitano e Brusque fazem clássico do Vale domingo, no Sesi Augusto Ittner/Agência RBS
Técnico Cesar Paulista, do Metropolitano Foto: Augusto Ittner / Agência RBS

Recuperação? Redenção? Desilusão? Preocupação? Como será a segunda-feira para os torcedores de Metropolitano e Brusque, após o confronto de domingo, às 17h, no Estádio do Sesi? Por tudo o que representa para história dos dois clubes, o duelo regional já se transformou em clássico. E pelo desempenho na rodada do meio de semana, o capítulo 39 dessa história tem tudo para ser de fortes emoções. Prova disso é que os dois treinadores iniciaram a tarde de sexta-feira reunidos com dirigentes.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Catarinense

Derrotados na quinta-feira, os dois times vão a campo pressionados. Cesar Paulista, treinador do Metropolitano, carrega um fardo um pouco mais pesado. Além de jogar em casa — onde a cobrança é maior, mesmo as cadeiras do Estádio do Sesi não estando repletas de torcedores —, o Verdão vai ao gramado pela terceira vez como um dos cinco times que ainda não venceu no Campeonato Catarinense.

— É um jogo de suma importância para nós. É a terceira rodada e precisamos da vitória. O adversário é o Brusque, mas poderia ser o Figueirense ou qualquer outro — ponderou o treinador do Verdão.

Veja mais informações do Metropolitano

Apesar das falhas nos lances que originaram os dois gols do Avaí, Cesar gostou do desempenho da equipe na Capital. Ainda assim, planeja fazer mudanças no time.

— Tivemos bom volume, criamos oportunidades, mas, de novo, desperdiçamos. Precisamos ser cirúrgicos no ataque — completou, sugerindo que deve mexer no meio-campo e no ataque em treino que comandará neste sábado.

Veja mais informações do Campeonato Catarinense

Em Brusque, Mauro Ovelha ainda tenta digerir a má atuação do time diante do Criciúma, que resultou na goleada de 4 a 0 e pôs fim a uma sequência de 10 jogos sem derrotas no Estádio Augusto Bauer. O treinador admite que a equipe deixou a desejar, mas acredita na capacidade dos atletas para buscar o resultado positivo no domingo.

— O Criciúma foi muito bem e nós muito mal. Independente de ontem (quinta-feira), tenho confiança no grupo — comenta.

Veja mais informações do Brusque

O comandante brusquense estuda  a possibilidade de alterar a escalação. Recuperado de uma lesão muscular que o afastou do time nas duas primeiras rodadas, o volante Diogo Roque é uma das peças que pode pintar no time titular. Questionado sobre o fato de ter um clássico regional pela frente, Ovelha tratou de minimizar a pressão pelo resultado após a derrota sofrida em casa:

— Em clássico é preciso ter respeito pelo adversário e confiança. Pressão a gente tem todo dia no futebol — pontua.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCLava-Jato: Quem são os condenados pelo juiz Moro que o TRF4 absolveu https://t.co/2tf3WbLFzC #LavaJato #HoraSC https://t.co/17l7F2pMzfhá 5 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCKits para diagnóstico de brucelose humana estão em falta há um mês em Santa Catarina https://t.co/85JxfHeg7x… https://t.co/RDOdb6UZLshá 5 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros