Em jogo equilibrado, Criciúma e Fluminense ficam no 1 a 1 pela Copa do Brasil - Esportes - Hora de Santa Catarina

No Heriberto Hülse09/03/2017 | 21h17Atualizada em 09/03/2017 | 21h18

Em jogo equilibrado, Criciúma e Fluminense ficam no 1 a 1 pela Copa do Brasil

Jogo de volta está marcado para a próxima quarta-feira

Em jogo equilibrado, Criciúma e Fluminense ficam no 1 a 1 pela Copa do Brasil Caio Marcelo/Especial
Foto: Caio Marcelo / Especial

Diante do maior público do ano, o Criciúma conseguiu o empate em 1 a 1 com o Fluminense, depois de sair atrás no placar. Na disputa válida pela terceira fase da Copa do Brasil, o time do técnico Deivid fez um jogo equilibrado, e poderia ter saído com a vitória depois de um segundo tempo de pressão total dos donos da casa. Com o placar, a vantagem na partida de volta, dia 15, é do Fluminense, que pode continuar na competição se conseguir um empate sem gols.

Em um primeiro tempo equilibrado, os dois times priorizaram o toque de bola, e quem chegou primeiro foi o visitante, aos 5 minutos, com Richalisson. O Tigre também criou algumas oportunidades, mas o goleiro Julio César não teve muito trabalho. Os donos da casa começaram a arriscar, e com as laterais mas abertas, foi por onde o Flu passou a jogar. Aos 14 minutos, na jogada de Richarlisson, Wellington Silva abriu o placar.

Com vantagem no marcador, o time carioca mudou a maneira de jogar, recuou e passou a trabalhar no erro do Criciúma. O Tigre sentiu por poucos minutos o balde de água fria, mas logo recompôs e manteve o volume de jogo. O Tigre chegou aos 18 com Alex Maranhão, Andrew tentou logo em seguida, e na insistência, o gol de empate saiu. Aos 32 minutos de jogo, Andrew cruzou da linha de fundo para trás, Alex Maranhão viu a posição do goleiro e mantou com categoria no canto direito de Julio César.

No intervalo, só o Fluminense mexeu, mas com menos de 20 minutos da etapa final, o Tigre teve que fazer as três mexidas, por conta de lesões e desgaste dos jogadores. Com a marcação encaixada, os atacantes do Flu não apareceram no segundo tempo, e o Criciúma teve boas chances de passar a frente no placar. Já nos acréscimos, o visitante criou duas belas jogadas, mas Edson fechou o gol e manteve o placar empatado.

Ficha técnica

Criciúma - 1
Edson, Diogo Mateus; Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Barreto, Douglas Moreira e Alex Maranhão (Ricardinho); Caio Rangel, Adalgiso Pitbull (Silvinho) e Andrew (Jheimy). 

Técnico: Deivid

Fluminense - 1
Julio César, Lucas (Renato), Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela; Douglas, Sornoza, Wellington Silva (Marcos Jr.) e Richarlison; Henrique Dourado (Pedro). 

Técnico: Abel Braga

Gols: No primeiro tempo, Wellington Silva, do Fluminense, 14 minutos e Alex Maranhão, do Criciuma, aos 32.
Cartões amarelos: Renato Chaves (F), Diogo Mateus (C), Barreto (C)

Arbitragem: Flávio Rodrigues de Souza, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Daniel Paulo Ziolli (trio de SP)

Estádio: Heriberto Hülse - Criciúma

Público: 5.598
Renda: R$ 139.410,00


Leia mais:
Divulgada a seleção do turno do Campeonato Catarinense
Criciúma faz promoção de ingresso para partida contra o Fluminense
Em jogo de reservas, Chapecoense vence o Criciúma

 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCTrês suspeitos de assalto no Paraguai são mortos em confronto com a polícia https://t.co/ilgokURr9dhá 6 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCComissão especial para identificar e cobrar grandes devedores é criada em Florianópolis https://t.co/Cwl5iyZRg4há 6 horas Retweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros