Márcio Goiano lamenta empate, mas destaca evolução do Figueirense - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

0 a 0 03/03/2017 | 07h15Atualizada em 03/03/2017 | 07h15

Márcio Goiano lamenta empate, mas destaca evolução do Figueirense

Furacão ainda tem chances de classificação na Primeira Liga

Márcio Goiano lamenta empate, mas destaca evolução do Figueirense Luiz Henrique/FFC
Foto: Luiz Henrique / FFC
DC Esportes
DC Esportes

Márcio Goiano queria ter saído de campo com a vitória sobre o Paraná, pela Primeira Liga, na noite de quinta-feira. Seria a sua primeira desde que retornou ao Furacão. Mas, o empate por 0 a 0 não ficou tão amargo para o treinador do Figueirense, que destacou a evolução do time na partida em Curitiba. O resultado mantém o Alvinegro com chances de classificação no torneio. Para seguir adiante, o time de Goiano precisa vencer o Avaí, já desclassificado, por três gols de diferença. A partida é no dia 22 de março, às 19h30min, no Orlando Scarpelli.

- Tivemos maior aproveitamento, 16 chutes ao gol e a equipe se portou bem. Conseguimos marcar, fazer um jogo controlado, saímos felizes neste aspecto, mas sabemos que a classificação depende de vitória e de gols, mas temos que acreditar na evolução dos atletas que os gols vão acontecer de forma natural.

Goiano também falou sobrou o desempenho do atacante Bill, que ainda não balançou as redes com a camisa do Figueirense. O atleta teve a melhor chance do jogo no Durival de Britto.

- Bill nós conhecemos, sabemos que é artilheiro, está brigando junto com os companheiros para fazer o melhor para a equipe do Figueirense. Ele teve aquela oportunidade bem clara, não entrou hoje, mas acreditamos que vai acontecer de forma natural, ele é goleador. Outros jogadores chegaram bem, tivemos o domínio, mas infelizmente o gol não saiu hoje, mas pode ter certeza que o Bill ainda vai ser muito importante para o Figueirense.

Ainda no primeiro tempo, o treinador alvinegro precisou mexer no time. Juliano, volante que está atuando improvisado na lateral esquerda, saiu machucado, logo aos cinco minutos de jogo. Obrigando Goiano a colocar Guilherme Morassi no lugar. Mas, o técnico gostou da participação do atleta.

- Ganhamos um problema no jogo, porque a gente nunca espera, principalmente no setor defensivo. Mas o Morassi soube aproveitar bem o tempo que esteve em campo, marcou bem, saiu em velocidade, fez bons cruzamentos. Temos que acreditar nele, precisa dessa oportunidade, assim como outros estão tendo oportunidade. Ficamos tranquilos e sempre vamos acreditar nesses jogadores.

O time da Capital volta a campo no próximo domingo, contra o Metropolitano, pela última rodada do turno do Campeonato Catarinense. Goiano não descarta escalar uma equipe alternativa para o duelo no Estádio do Sesi.

- Temos esse último jogo, vamos nos reapresentar, reavaliar, ganhamos a situação de alguns atletas positivamente e pode ser que a gente faça um mescla e mude algumas posições - concluiu.

Saiba mais:
Figueirense fica no 0 a 0 com o Paraná, mas segue com chance de classificação
"Fomos superiores, mas precisamos de gol", avalia volante do Figueirense

Acesse a tabela da Primeira Liga

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCRolê com #Edsoul: relatos de dor - https://t.co/b3dnzeh0SJ #HoraSC https://t.co/m38Z2E5ZTnhá 6 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCMário Motta: só pensam em "engordar" as praias quando a ressaca leva embora? https://t.co/WRnErVQPKN #HoraSC https://t.co/9pmybVvnvihá 26 minutosRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros