Nos pênaltis, Brusque é eliminado pelo Corinthians na Copa do Brasil - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Futebol02/03/2017 | 00h08Atualizada em 02/03/2017 | 00h30

Nos pênaltis, Brusque é eliminado pelo Corinthians na Copa do Brasil

João Carlos e Carlos Alberto perderam as cobranças para os donos da casa

Nos pênaltis, Brusque é eliminado pelo Corinthians na Copa do Brasil Patrick Rodrigues/Agencia RBS
Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS
Tudo era alegria antes do jogo. Até as palavras do pipoqueiro ao gritar “doce ou salgada?” eram motivo para aplausos e sorrisos do torcedor que lotou o Estádio Augusto Bauer para uma noite mágica de Copa do Brasil. Após eliminar o Remo na primeira fase, o Brusque se deparava com um gigante pela frente: o Corinthians. Mas o time da casa pouco estava se lixando para o tamanho ou a história do adversário. Em um primeiro tempo equilibrado, com uma defesa para cada goleiro e maior posse de bola para os brusquenses, o placar ficou zerado.

::: Veja como foi a noite da partida histórica do Brusque em fotos e vídeos

Aí veio a etapa final e as coisas começaram exatamente da mesma forma como terminaram os primeiros 45 minutos. Com igualdade no domínio da gorducha. Brusque e Corinthians saíam, discretamente, à procura de um gol que alegrasse qualquer um dos lados da história. O problema é que a partir dos 15 minutos o time do técnico Pingo recuou. A entrada de Jadson no meio-campo corintiano deu outro tom ao espetáculo, abriu as ações de ambas as equipes e fez o jogo ficar um pouco mais atraente do que era até então. Mas ninguém conseguiu fazer os gols e a consequência disso é algo que testa o funcionamento do coração: disputa por pênaltis.

E as cobranças começaram bem para o Bruscão: Jônatas Belusso converteu e Jadson desperdiçou para os corintianos. E assim foi até a nona penalidade, quando João Carlos desperdiçou, Jô converteu e levou a decisão para as alternadas. Carlos Alberto, ex-Corinthians, jogou para fora a chance e Romero colocou os paulistas na terceira fase da Copa do Brasil. Ao fim do jogo, a comemoração alvinegra se misturou com os aplausos que vinham da torcida do Brusque que saudava o “time de guerreiros” que dentro de campo lamentava a queda que, até poucos instantes antes, nem mesmo era cogitada.

Na sequência, o Corinthians enfrenta o Luverdense-MT, que eliminou o Avaí na noite desta quarta-feira, também nos pênaltis. Já o Brusque, volta os olhos ao Campeonato Catarinense, onde sábado, 18h30min, encara o Joinville, lanterna da competição.




Ficha técnica


BRUSQUE 0 (4)
Rodolpho, João Carlos, Cleyton, Neguete e Carlos Alberto; Mineiro, Boquita (Willian), Leilson e Eliomar; Ricardo Lobo e Jonatas Belusso. Técnico: Pingo.

CORINTHIANS 0 (5)
Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Gabriel; Romero, Felipe Bastos (Jadson), Maycon e Léo Jabá (Geovani Augusto); Kazim (Jô). Técnico: Fábio Carille.

Amarelos: Carlos Alberto, Eliomar (B) e Gabriel, Fágner.
Arbitragem: Péricles Bassols-PE, auxiliado por Marcelino Castro Nazaré-PE e Bruno Cesar Chaves Vieira-PE.
Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCPaixão Azurra: Claudinei Oliveira fica para 2018. https://t.co/E8rjsQk3pS https://t.co/iR8lXO7uTwhá 18 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCFalando de Sexo: as melhores posições para disfarçar a barriguinha. https://t.co/yzJoFWaAEl https://t.co/deh2IMx9hkhá 1 horaRetweet
Hora de Santa Catarina
Busca