Rodrigo Faraco: joguem pra valer e não esqueçam suas prioridades - Esportes - Hora de Santa Catarina

Versão mobile

Estadual04/03/2017 | 10h38Atualizada em 04/03/2017 | 10h38

Rodrigo Faraco: joguem pra valer e não esqueçam suas prioridades

Times não podem deixar de buscar a vitória porque a rodada é importante

Rodrigo Faraco: joguem pra valer e não esqueçam suas prioridades Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

No CBN Diário Esportes de sexta-feira só se ouvia repórteres relatando com as expressões ¿time misto¿ e ¿time reserva¿ quando o assunto era a última rodada do primeiro turno do estadual. É um grande equívoco achar que esta rodada não vale nada. Vale sim! Três pontos podem ser decisivos para escapar do rebaixamento ou cair pra Segunda Divisão.

Podem ser decisivos para fazer a grande final em casa, e até por isso, podem ser decisivos para a conquista de um título, dado o histórico de quem decide em casa levar o Estadual. Portanto, é até aceitável que os times queiram testar alguns jogadores ou preservar outros. O que não é aceitável é que os clubes negligenciem esta última rodada. Três pontos fazem toda diferença!

As prioridades de cada um

Com eliminações de Copa do Brasil e Primeira Liga nesta semana, é a hora que os clubes precisam definir ou redefinir suas prioridades. O Figueirense, por exemplo, precisa entender que a prioridade do ano segue sendo a Série B, mas que entrar forte no returno é obrigação. Já o Avaí tinha que ter levado a sério a Copa do Brasil, mas agora a prioridade imediata é a conquista do Estadual.

A Chapecoense tem a estreia na Copa Libertadores, que tem que ser uma ¿diversão séria¿. O time do Oeste tem que saber curtir a competição internacional e homenagear que levou e elevou a equipe a este patamar. O Joinville tem a meta do ano na Série C, mas precisa voltar forte no estadual, onde corre risco de cair. Como se percebe, o momento é importante – virada de turno pra returno – e as eliminações recentes pedem revisão de objetivos.

Seleção do turno

Mesmo que ainda tenha a rodada por jogar, já dá pra montar a seleção do turno do catarinense com a conquista do Avaí. O time do técnico Claudinei Oliveira é a base desta seleção, naturalmente. Mas o Brusque divide a seleção com o Leão porque teve realmente jogadores que individualmente se destacaram.

A defesa montei com o Rodolpho (BRU), Leandro Silva (AVA), Alemão (AVA), Betão (AVA) e Capa (AVA); o meio já vem mais mesclado e tem quatro jogadores, em vez de três. Vai de Mineiro (BRU), Judson (AVA), Leilson (BRU) e Marquinhos (AVA); no ataque Denilson (AVA) e Jonatas Belusso (BRU). O técnico é Claudinei Oliveira.

Ainda gostaria de mencionar alguns bons jogadores como o goleiro Jandrei, do Atlético Tubarão, o volante Roberto, do Joinville, o lateral Juninho, do Metropolitano, o zagueiro Bruno Alves, do Figueirense, o lateral Reinaldo, da Chapecoense, o atacante Rossi, da Chapecoense, e o goleiro Luiz, do Criciúma. Todos poderiam também estar nesta seleção.

Leia mais comentários de Rodrigo Faraco


 
Hora de Santa Catarina
Busca